Sesc SP

Sessões Selo Sesc postado em 03/11/2020

Sessões Selo Sesc #10: Carne Doce

Carne Doce Sessões Selo Sesc

Não se sabe até onde o contato direto mantido entre artista e público prevalecerá como uma das principais formas de fruição musical. Bom, a música ao vivo existe desde que nossos antepassados assim se comunicaram – isto é, desde o início do homem. Das flautas paleolíticas aos órgãos da igreja e do Woodstock até chegarmos nas lives temos pelo menos 100 mil anos, mas sem dúvida estar presente de carne e osso nos três primeiros está dentro da causa-impacto que imaginamos estar mais próxima de nos sensibilizar plenamente.

Trocando em miúdos, dentre o que o mundo digital nos ofertou nos últimos 7 meses de confinamento fica fácil lembrar o que mais nos impactou, mas se perguntarmos o último show que você assistiu, será que a resposta não vem de bate-pronto?

É assim que o Sessões Selo Sesc de número dez chega, como o último show gravado pelo Selo antes das medidas de distanciamento social e protocolos sanitários atingirem a cena musical em São Paulo e no resto do Brasil. A segunda passagem do grupo goiano Carne Doce pelo Sesc Belenzinho (a primeira, foi durante a turnê de lançamento segundo disco Princesa, em 2017) rendeu um álbum digital de 11 faixas situado num espaço entre lançamentos do grupo, do single “Temporal”, presente no repertório e antes do mais recente disco Interior vir à tona no mês de setembro.

Ainda que potente e confessional na mesma medida, o grupo segue carregando a experiência da criação coletiva, estabelecida sobretudo nos seus dois últimos trabalhos, entregando o calor que sobressai em palcos menores, mas que não deixa se ser explosivo quando requerido numa infra-estrutura de festival (o pessoal se apresentou no Lollapalooza em 2019). Notem que aqui ainda não estamos falando do recém-lançado Interior, que ainda passa pelo crivo dos fãs e crítica, mas já estava rascunhado e ligeiramente ensaiado no início do ano.

Na tracklist do álbum que a partir de 4 de novembro estará disponível, com exclusividade na plataforma Sesc Digital, há músicas do disco de estreia “Carne Doce” (2014), e dos trabalhos que alçaram a banda às primeiras colocações de listas de melhores do ano e a fazer uma série de shows pelo Brasil e no exterior, como “Princesa” (2016) e “Tônus” (2018). Há destaque também para as versões em pout-pourrit de “Comida Amarga” e “Irmãs”, e outra de “Sereno”, “Carne Lab” e “Ideia”, além da iluminação do espetáculo que por hora não renda uma experiência sonora, deu cama para produção de dois vídeos aqui pelo Selo Sesc, algo caro a carreira do grupo, como explica Macloys Aquino, membro fundador da banda, junto a sua companheira Salma Jô: “No universo da produção independente, nos encontramos com vários artistas não só da música, mas também das artes plásticas, da fotografia e do cinema. Todos os nossos clipes surgiram do encontro com esses artistas. A Muto, que fez os clipes de ‘Artemísia’ e ‘Falo’, de São Paulo, ou a Dafuq, de Goiânia, que fez o clipe de ‘Sertão Urbano’, são produtoras independentes que, assim como a gente na música, buscam seus espaços no audiovisual.”

 

Tracklist

1. Comida Amarga–– Irmãs (versão pout-pourrit)
2. Temporal
3. Amor Distrai (Durin)
4. Sereno –– Carne Lab –– Ideia (versão pout-pourrit)
5. Tônus
6. Nova Nova
7. Golpista
8. Açaí
9. Passivo
10. Cetapensâno
11. Fruta Elétrica

 

Ficha-técnica

Salma Jô – voz
Macloys Aquino – guitarra
João Victor Santana – guitarra e programações
Aderson Maia – baixo
Fred Valle – bateria e programações

Produção executiva – Pamela Leme/Agência Alavanca
Som – Renato Cunha
Palco – Rodolfo Duarte
Luz – Hugo Aboud

Gravação - André Sangiacomo, Fernando Ferrari e Lucas Silva (Audiomobile)
Mixagem e masterização - Renato Copolli (AudioFreaks!)
Produção - Raul Lorenzeti
Produção gráfica - Alexandre Calderero
Imagens (Vídeos) - Renan Abreu, Macloys Aquino e Flavio Vogtmannsberger
Assistência de câmera (Vídeos) - Adenilson Muniz
Edição (Vídeos) - Renan Abreu

 

      


Ouça Sessões Selo Sesc #10: Carne Doce no Sesc Digital e a partir de 11/11 nas principais plataformas de streaming