Sesc SP

jongo2
Considerado um dos precursores do samba, o jongo é composto por elementos de dança, canto e percussão de tambores. No passado, foi uma das poucas possibilidades de lazer e resistência à dominação colonial dos trabalhadores negros escravizados nas lavouras de café e cana de açúcar. Com a transmissão dos saberes entre gerações, o jongo hoje está nas periferias urbanas e em algumas comunidades rurais do sudeste brasileiro, e continua com seu papel de mobilização social e de alegria, assumindo uma postura política e articuladora de grande importância para os guardiões dessa tradição e para seus novos interlocutores. Em 2005, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) reconheceu o Jongo do Sudeste como patrimônio cultural brasileiro de natureza imaterial.

Local: Praça

Comunidade Jongo Dito Ribeiro
Desde 2002 a Comunidade vem se firmando, realizando trabalhos de reconstituição, composição e pesquisa com o objetivo de manter viva a chama dessa descendência, trazendo essa importante manifestação da cultura popular afro-brasileira, elemento de resistência e união para a sociedade. Reúne pessoas de diferentes idades, origens sociais, raças, profissões e locais, estando desde 2005 fazendo parte da Rede de Memória do Jongo/Caxambu, onde representa a cultura afro-brasileira de Campinas e já carrega o certificado de patrimônio cultural do Brasil. 

[Foto: Neander Heringer]
Dança

Jongo Apresentação com a Comunidade Jongo Dito Ribeiro - Campinas/SP L

Essa atividade aconteceu em 29/01/2017 no Sesc Belenzinho.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo