Sesc SP

Esta atividade faz parte da

De|Generadas³: feminismos em pauta - Um mosaico abrangente da atual produção cultural feminista que reflete a complexa experiência de ser mulher saiba mais

Entre-dois-mundos portal

Com Paula Janovitch/SP Safari.

O percurso apresentará aos participantes um universo obscuro e pouco conhecido de um grupo de mulheres que faz parte da história de São Paulo e de Santana: um grupo de imigrantes de origem judaica que viveram e morreram vinculados à prostituição, sem abrir mão de sua identidade cultural - as mulheres, imigrantes da Europa Oriental, eram chamadas de "As Polacas".

O roteiro pretende mostrar lugares em que viveram e onde foram sepultados conforme seus preceitos religiosos. Ao mesmo tempo vai trazer a história da chamada "zona de confinamento da prostituição", perímetro traçado no bairro do Bom Retiro nas décadas de 1940 e 1950 onde seria permitida a prática da prostituição.

Paula Janovitch é historiadora, doutora pela FFOCH-USP, autora de pesquisa original sobre as Polacas e protagonista do processo de renomeação dos túmulos.

O SP Safari é um coletivo que utiliza a cidade como ferramenta de pesquisa, aprendizado e ensino, a partir de pesquisas originais que partem da USP e de outras universidades. Promove experiências de aprendizagem e vivência in loco, ou seja, a partir de problemáticas específicas desenvolve embasadas em pesquisa de arquivo em profundidade, em revisões bibliográficas e historiográficas. Os princípios do SP Safari são o compromisso om o compartilhamento e a democratização do conhecimento, o uso da cidade como meio pedagógico, o exercício do direito à cidade e ao uso livre e responsável do espaço público. Os integrantes do coletivo são alunos e ex-alunos de graduação, pesquisadores de pós graduação e professores da Universidade de São Paulo, e o publico-alvo são pessoas interessadas em aprofundar seus conhecimentos sobre a cidade. São atividades de produção, extensão e difusão do conhecimento, que mobilizam os objetos históricos, arquitetônicos e urbanísticos da cidade em todas as suas potencialidades.

Trajeto:

O percurso será apoiado por pesquisa original e correspondente material pedagógico/de apoio, composto de artigos, imagens, documentos que relatam a história da associação das "Polacas".

:: Saída: Sescs Santana, às 10h.

:: Ponto 1: Bom Retiro - Antiga zona de confinamento da prostituição - Ruas Cesare Lombroso (Antiga Itaboca) e Aimorés.

:: Ponto 2 (percurso a pé): Antiga Sinagoga das Polacas - Campos Elísios.

:: Almoço: Sugestão de local: Sesc Bom Retiro.

:: Ponto 3 (início da tarde): Cemitério da Consolação, local onde duas "polacas" estão sepultadas.

:: Ponto 4: Cemitério Chora-Menino (Santana), local adquirido pelo grupo para sepultar os seus integrantes, que não eram aceitos na comunidade judaica majoritária. No cemitério relataremos também o processo mais recente envolvendo a exumação dos túmulos das "Polacas" e seu traslado para o Cemitério do Butantã, e os relatos recentes que mostram que ocorre aos poucos um processo de reconciliação da comunidade judaica com o grupo, por exemplo com a renomeação dos túmulos e a realização de uma cerimônia religiosa.

:: Chegada: Sesc Santana, às 17h.


Vagas limitadas. Inscrições na Central de Atendimento.



Ruas da Cidade



(Foto: Divulgação) 


 

Ações para a Cidadania

Entre Dois Mundos: Vida e Morte das Polacas em São Paulo 12

Essa atividade aconteceu em 29/04/2017 no Sesc Santana.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo