Sesc SP

Os desafios presentes em mÓDIO - Mercantilização do ódio devem ser situados num campo de interesse que seu autor denominou de "conflitos estéticos, desobediência e criação". Imerso nesse universo, em pleno ato de experimentar o corpo (e sua gestualidade abrangente) como mote do fazer dança, o processo dialoga com o estético como espaço do político. O que interessa em "mÒDIO" é saber como se produz  alguns espaços de violência como pontos de energia - é possível transformá-los em lugar criativo? Para isso, a pesquisa levou em consideração uma série de estratégias, incidindo em determinadas expressões no cotidiano que revelam situações de conflito e contenção de pulsões.

A cia GENTE é um movimento de articulação entre artistas, educadores, gestores, profissionais de distintas áreas. Fundado em 09 de agosto de 2012 por Paulo Emílio Azevedo, a motivação da proposta está no reconhecimento da diversidade cultural, nas possibilidades estéticas e, sobretudo, nos protagonismos que surgem desses trânsitos. Funcionando de forma colaborativa e em rede, atua nos segmentos de criação artística, ocupação, elaboração e gestão de projetos. O  campo de ação da Cia está na dança, performance, literatura e artes visuais.


Local:
Teatro (2º Andar). 


(Foto: Filipe Itagiba)
Dança

mÓDIO - Mercantilização do Ódio Espetáculo de dança contemporânea com a Cia Gente (RJ) 16

Essa atividade aconteceu em 13/05/2017 no Sesc Santo Amaro.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo