Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Manhãs Clássicas - Grupos de música orquestral executam repertório erudito e popular, mostrando a diversidade da música camerística. saiba mais

aureos
Utilizadas largamente no repertório camerístico ocidental, a harpa e a flauta são alguns dos instrumentos mais antigos de que se tem notícia. A sonoridade aveludada e misteriosa da harpa foi adotada como um acompanhamento ideal para as melodias leves e fluentes tradicionalmente escritas para flauta.  O Aureus Duo reúne o estilo fluente e virtuosístico do premiado flautista Marco André dos Santos, com o tom rico e expressivo da harpista Rafaela Lopes. Os dois instrumentos com um timbre misterioso e delicado estão associados ao mundo dos sentimentos e da beleza. A justaposição de seus timbres resulta em um efeito mágico, não surpreendendo, portanto, que tantas obras maravilhosas e cativantes tenham sido compostas para essa formação instrumental. O duo já se apresentou em diversos festivais e projetos de música erudita. No programa, os artistas trazem obras de Piazzolla, Debussy e Villa-Lobos.

Marco André dos Santos é o flautista principal da Orquestra do Theatro São Pedro, foi solista à frente de orquestras como a Orquestra de Câmara Paulista, Orquestra de Câmara da USP (OCAM), Orquestra Acadêmica de São Paulo, Orquestra Jovem do Estado de São Paulo e Sinfônica de São José dos Campos. Como músico convidado, atuou com a Orquestra Sinfônica da USP (OSUSP), e a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. (OSESP).

A harpista Rafaela Lopes já atuou junto às principais orquestras do país, sob a regência de Isaac Karabtchevsky, Roberto Duarte, Ligia Amadio, Karl Martin, Emiliano Patarra, Vito Clemente, Roberto Tibiriçá e Kurt Masur. Como solista, estreou a obra de Ernst Mahle, "La Harpe Enchantée", no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e no Festival Internacional de Verão de Brasília. Atualmente, é harpista solista do Theatro São Pedro em São Paulo. Programa: G. Fauré (1845-1924) Berceuse Siciliane A. Piazzolla (1921-1992) Oblivion J. Ibert (1890-1962) Entr'Acte O. Lacerda (1927-2011) Balada B. Andrés (1941) Algues F. J. Naderman (1781-1835) Sonatina 3 H. Villa-Lobos (1887-1959) A Lenda do Caboclo C. Debussy (1862-1918) Arabesque I Edmundo Villani-Côrtes (1930) Cinco Miniaturas Brasileiras. 

Local: Café Aricanduva

saiba mais

Música

Aureus Duo L

Essa atividade aconteceu em 25/06/2017 no Sesc Itaquera.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo