Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Mulheres que leem Mulheres - Ações artísticas, bate-papos, oficinas e estante com seleção especial de livros. saiba mais

Literatura portal
Um diálogo que pretende ajudar a pensar questões contemporâneas em obras destinadas para a infância, assim como a interlocução na formação de educadores e as possíveis investigações em letramento abarcando inclusão, abrangência e equidade infantil. Com as convidadas Márcia Leite e Gabriela Romeu.

Gabriela Romeu é paulistana, jornalista, documentarista, especializada em produção cultural para infância e na própria infância. Há 15 anos escreve sobre e para crianças no jornal Folha de S.Paulo, onde editou o caderno Folhinha, coordenou o Mapa do Brincar (Grande Prêmio Ayrton Senna de Jornalismo) e produziu reportagens sobre as infâncias brasileiras. É corroteirista do filme Disque Quilombola (vencedor do Fici - Festival Internacional de Cinema Infantil, e outros) e diretora do documentário Meninos e Reis (premiado na Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis e FAM). É autora de Terra de Cabinha (Editora Peirópolis), que já rendeu exposições e prêmios. Atua como crítica do teatro para infância do Guia da Folha de São Paulo e é diretora do projeto Infâncias (www.projetoinfancias.com.br).

Márcia Leite escreve para crianças e jovens desde 1986, quando lançou seu primeiro livro "A barriga". Tem vários títulos publicados por diversas editoras brasileiras, alguns deles premiados e integrantes de programas governamentais e institucionais. Em 2016, seu livro "Poeminhas da Terra", em parceria com a ilustradora Tatiana Moés, participou do Programa- Coleção Itaú "Leia um livro para uma criança", sendo entregue a quase dois mihões de leitores. Ganhou o Prêmio Açorianos de Literatura na categoria infantil em parceria com o escritor Caio Riter, e o prêmio Prêmio Nestlé de Literatura Brasileira com o livro juvenil "Aqui entre nós". Vários de seus títulos integraram o catálogo FNLIJ para a Feira internacional do livro Infantil de Bologna. A autora foi duas vezes finalista do Prêmio Jabuti, com os títulos "Olívia tem dois papais" e "Do jeito que a gente é". Em 2011 iniciou, com Leonardo Chianca, a Editora Pulo do Gato, especializada em livros para leitores em formação e formadores de leitores. Hoje, atua como Diretora Editorial e formadora de leitores, proferindo palestras, encontros e oficinas sobre temas ligados à leitura literária e à produção editorial do livro ilustrado. 

Penélope Martins é poeta e narradora de histórias. Formada em Direito, pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo (1997), e pós graduada em Direito Constitucional com pesquisa em Direitos Humanos (PUC-Campinas, 2004), começou a desenvolver projetos para letramento com oralidade em 2006 e, desde então, mantém no ar blogs que compartilham conteúdo literário. Foi colunista de literatura no Jornal ABCD durante 7 anos, é interlocutora em oficinas da narrativa em projetos de longa duração para crianças, jovens, adultos e pessoas com deficiências intelectuais. Entre seus livros publicados estão "Poemas do Jardim", pela Editora Cortez, "Quintalzinho", pela Editora Bolacha Maria, "Que amores de sons", pela Editora do Brasil, entre outros. Em 2016, com objetivo de fomentar a leitura de mulheres autoras e despertar a sororidade, iniciou a página Mulheres que Leem Mulheres, no facebook, onde é possível ver e ouvir diversas autoras - e leitoras - lendo trechos das obras de autoras de sua preferência.

Convivência.

(Foto: Divulgação)

 
Literatura

A Literatura para Infância, o Letramento em Temáticas Contemporâneas Mediação: Penélope Martins L

Sesc São Caetano ver no mapa compartilhar

24/08

QUI
20H
  • Grátis