Sesc SP

Danca-Doente by Mauricio-Pokemon
O espetáculo "Dança Doente" aborda a dança enquanto pathos, mais especificamente enquanto sintoma, alteração da percepção subjectiva do corpo infectado pelo mundo e atravessado por forças que o esvaziam e o destituem.

Ficha técnica:

:: Criação: Marcelo Evelin/Demolition Incorporada.
:: Conceito e coreografia: Marcelo Evelin.
:: Criação e interperetação: Andrez Lean Ghizze, Bruno Moreno, Carolina Mendonça, Fabien Marcil, Hitomi Nagasu, Marcelo Evelin, Márcio Nonato, Rosângela Sulidade e Sho Takiguchi.  
:: Dramaturgia: Carolina Mendonça.
:: Colaboração Artística: Loes Van der Pligt.
:: Luz: Thomas Walgrave.
:: Som: Sho Takiguchi.
:: Colaboração Figurinos: Julio Barga.
:: Direção Técnica: Luana Gouveia.



Marcelo Evelin nasceu no Piauí (Brasil), é coreógrafo, pesquisador e intérprete. Vive e trabalha entre Teresina e Amsterdam. Na Europa desde 1986, trabalha com dança tendo colaborado com artistas de variadas linguagens em projectos também envolvendo teatro físico, música, vídeo, instalação e ocupação de espaços específicos. É criador independente com sua Companhia Demolition Incorporada, criada em 1995, e ensina na Escola Superior de Mímica de Amsterdão-Holanda, onde também orienta estudantes em processos criativos.

Orienta workshops e projectos colaborativos em vários países da Europa, Estados Unidos, África, Japão, América do Sul e Brasil, para onde retornou em 2006 e desde então vem atuando também como gestor e curador, tendo implantado em Teresina, o Núcleo do Dirceu (2006-2013), um colectivo de artistas independentes e plataforma de pesquisa e desenvolvimento para as Artes Performáticas Contemporâneas. Em Março de 2016 abriu em Teresina, juntamente com as gestoras culturais Sônia Sobral e Regina Veloso, o CAMPO, um novo espaço para se pensar, fazer e difundir arte e disciplinas afins, e, como parte dele, o estúdio Demolition Incorporada.

Os seus espectáculos Matadouro (2010) e De Repente Fica Tudo Preto de Gente(2012) foram apresentados em mais de 18 países e continuam em circulação. A sua mais recente criação Batucada, um "acontecimento performático", estreou em 2014 no Kunsten Festival des Arts em Bruxelas com 50 performers de 14 diferentes países, e desde então seguiu agenda em Frankfurt/Alemanha e diversos estados brasileiros.

A quantidade máxima permitida para compra e/ou retirada é de 4 ingressos por pessoa.



Teatro.  



(Foto: Mauricio Pokemon) 


Dança

Dança Doente Extensão da Bienal Sesc de Dança 18

Essa atividade aconteceu em 24/09/2017 no Sesc Santana.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo