Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Consciência Negra - Conjunto de ações que refletem cenários, produções, personagens, saberes, gingados, memórias, crenças e valores da cultura negra saiba mais

Alafia foto Edu Pimenta
Após pouco mais de um ano desde Corpura, o Aláfia ("caminhos abertos" em iorubá) apresenta show do álbum SP Não É Sopa, na Beirada Esquenta.

Com 11 faixas, o novo disco - produzido e dirigido por Eduardo Brechó - é trilha sonora para a megalópole e conta com a participação de vários artistas locais. Considerado pelos 11 membros da banda como um desdobramento de todo o trabalho realizado nesses quase 6 anos de estrada, o último trabalho é um disco de canções, com referências tradicionais em roupagens não convencionais.

Poesia, funk e candomblé são a raiz do grupo e, nesse trabalho, a diferença é que foram enfatizados elementos eletrônicos, filtros e processamentos para a construção de uma sonoridade mais urbana.

Com Eduardo Brechó (voz e guitarra), Xênia França (voz), Jairo Pereira (voz), Pipo Pegoraro (guitarra), Gabriel Catanzaro (baixo), Filipe Vedolin (bateria), Pedro Bandera (percussão), Fabio Leandro (teclado), Gil Duarte (trombone e flauta), Vinicius Chagas (sax) e Lucas Cirillo (gaita).

Praça de Eventos

(Foto: Edú Pimenta)


Música

Aláfia Show 'SP Não É Sopa, na Beirada Esquenta' L

Essa atividade aconteceu em 15/11/2017 no Sesc Vila Mariana.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo