Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Flusser e as dores do espaço - Exposição apresenta o universo do filósofo tcheco-brasileiro Vilém Flusser saiba mais

aula celeiro

Ao observar as modificações trazidas pelas tecnologias, Flusser destacou que um dos principais desafios que enfrentaríamos estaria na alteração do que entendemos como conhecimento, desde a terceirização da memória prometida pelos aparelhos ao como o excesso de informações nos insere em um novo modelo de aprendizado.

Diogo Andrade Bornhausen é doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Vice-diretor Científico do Arquivo Vilém Flusser São Paulo, pesquisador do Centro Interdisciplinar de Semiótica da Cultura e da Mídia/CISC. Professor de Teorias da Comunicação (Graduação e Especialização) na Faculdade de Comunicação e Marketing da Fundação Armando Alvares Penteado/SP.

Local: Galpão.

Entrega de ingressos no local com 30 minutos de antecedência.

Foto: Divulgação

Saiba mais sobre a exposição Flusser e as Dores do Espaço na EONLINE. 
Artes Visuais

Memória e aprendizado para Vilém Flusser Aula no celeiro com Diogo Andrade Bornhausen 16

Essa atividade aconteceu em 25/11/2017 no Sesc Ipiranga.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo