Sesc SP

35449068766 b6ae64bff8 o

Os cantores Jussara Silveira e Renato Braz homenageiam Gal Costa no projeto Fruta Gogoia, um lançamento do Selo Sesc que traz canções da carreira da artista baiana, com arranjos de Dori Caymmi e produção artística de Luiz Nogueira.

Assim como Gal, Jussara Silveira apresenta em seu canto uma versatilidade que é capaz de atravessar diferentes estilos de música brasileira com a mesma suavidade – a artista já gravou desde compositores mais ‘tradicionais’, como Dorival Caymmi, a contemporâneos como Romulo Fróes, José Miguel Wisnik e Itamar Assumpção. A mineira criada em Salvador, iniciou sua carreira nos anos 1990, na capital soteropolitana.

Também com início de carreira nos anos 1990, o cantor paulistano Renato Braz é reconhecido como uma das mais belas vozes masculinas brasileiras. Suas primeiras gravações conciliam o universo afetivo de sua formação (Luiz Gonzaga, Dorival Caymmi, Jackson do Pandeiro) com as criações de Dori, Paulo César Pinheiro, Gilberto Gil, Chico Buarque, entre outros compositores.

Para o projeto, foram selecionadas 18 canções das mais de 500 registradas pela Gal ao longo de seus 50 anos de carreira. Entre os compositores desta seleção, está um dos maiores parceiros da cantora: Caetano Veloso, de quem Gal gravou quase 100 canções até agora. Em “Fruta Gogoia”, foram escolhidas para representar esta parceria com o compositor “Tigresa”, “Meu Bem, Meu Mal”, “Baby”, “Não identificado”, e “Força Estranha”. E a esta lista percorre muito dos 50 anos de carreira de Gal – desde o primeiro disco lançado, ao lado de Caetano Veloso, “Domingo”, de 1967, coincidentemente também com arranjos de Dori Caymmi –, até “Todas as Coisas e Eu”, de 2004.

Além das canções compostas por Caetano, fazem parte de “Fruta Gogoia” músicas emblemáticas como “Estrada do Sol”, de Tom Jobim e Dolores Duran; “Vapor Barato”, de Jards Macalé e Waly Salomão; “Folhetim”, de Chico Buarque; “Volta”, de Lupicínio Rodrigues; “Pérola Negra”, de Luiz Melodia; “Sorte”, de Celso Fonseca e Ronaldo Bastos; “Só Louco”, de Dorival Caymmi, entre tantas outras. Também não ficaram de fora da homenagem “Modinha para Gabriela”, de Caymmi, composta para a novela “Gabriela”, exibida pela TV Globo em 1975, e “Tema para Gabriela”, em música composta por Tom Jobim para filme de Bruno Barreto, lançado em 1983. Ambas as obras baseadas no romance “Gabriela, Cravo e Canela”, de Jorge Amado.

As obras não seguem nem uma ordem cronológica, nem uma concentração por discos – vai de “FA-TAL”, de 1971, a “Todas as Coisas e Eu”, de 2003. Fechando o disco, com arranjo especial do acordeonista Toninho Ferragutti, está “Fruta Gogoia”, do cancioneiro popular pernambucano que, na voz de Jussara Silveira e nos vocalizes de Renato Braz, ganhou um tom agreste e delicado.

Local: Teatro Paulo Autran.
Duração: 90 minutos.
Recomendação etária: 10 anos.
Não é permitida a entrada após o início do espetáculo.
Venda limitada a 4 ingressos por pessoa.

 

(foto: Ricardo Ferreira)

saiba mais

Música

Jussara Silveira e Renato Braz Fruta Gogoia, uma Homenagem a Gal Costa 10

Essa atividade aconteceu em 16/02/2018 no Sesc Pinheiros.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo