Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Fricções - Espetáculos, intervenções, performances, residências e oficinas que tratam da diversidade com diferentes linguagens e formatos saiba mais

gbe

Numa encruza consigo mesmo, onde cada viela indica uma face de sua negritude, a travessia só aponta um caminho: o reencontro e reapropriação de seu corpo, sexo, ancestralidade e criação de sua relação com o mundo. O espetáculo propõe um manifesto físico ritual do instante em que o sujeito negro se torna negro.

Ficha técnica:
Criador-intérprete: Edson Raphael
Direção cênica: Eduardo Cesar
Direção de movimento: Deise de Brito
Dramaturgia: Edson Raphael, Eduardo Cesar e Gilberto Costa
Criação e curadoria textual: Gilberto Costa
Composição musical: Leandro Pacheco
Experimentação vocal: Natália Nery
Cenografia, figurino e iluminação: Edson Raphael e Eduardo Cesar
Assessoria de imprensa: Lebá Comunicação
Operação de luz: Tainá Francis
Operação de som: Gilberto Costa
Fotografia: Rodrigo Kees
Trecho da música Oitavo anjo, 509-E
Citações dos pensadores: Abdias do Nascimento, Aimé Césaire
Entrevistas utilizadas em processo: Edson de Jesus, Erickson Felizardo Novais, Kelly Rodrigues de Jesus, Marco Antonio Fera, Regiane da Costa Cruz

Local: Auditório (30 lugares).

Foto: Divulgação

 

Dança

Gbé ou Quando o Corpo Renasce Negro Com Edson Raphael L

Essa atividade aconteceu em 24/02/2018 no Sesc Ipiranga.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo