Sesc SP

Extincao 2

Espetáculo solo de Denise Stoklos baseado no livro do mesmo nome do autor austríaco Thomas Bernhard que apresenta uma obra demolidora das idéias sob valores conservadores de nossa sociedade e que a mantém negativa, limitando os espaços de exercício de liberdade e de amor.

O espetáculo apresenta textos de Denise Stoklos que os interpretando referindo-se ao mesmo ritmo vertiginoso, cruel e veemente do livro (lembra um contínuo Joyce, especificamente no monólogo de Molly Bloom) o que levará a cena a proposta do autor à extinção dos pilares da sociedade capitalista: a família, a direita, e também a esquerda, por referência o Brasil, a idealização dos países do exterior como fuga, as demagogias de todos os lados até dos movimentos sociais, um desfazimentos dos símbolos sagrados (da cruz à suástica) às redes sociais e sua mistificação de valores, a pretensa solidariedade que é questionável quando há tal estratificação de classes sociais, o racismo instalado, a intolerância a todas modificações, os lugares-comuns que fazem verdadeira devassa no criativo, o império do marketing implodindo a classe artística, e uma autocrítica como performer (processo já iniciado em "Olhos Recém Nascidos").

O espetáculo é uma idéia de dissolução de tudo, absolutamente tudo que está mantendo o estado de coisas (a censura, os desastres atrás do sexismo, o politicamente correto). As vezes a crítica é centrada no próprio acontecimento, o teatro, quando a platéia é demolida porém o palco se salva, em papel narcisista ou quando pratica uma estética vazia e para nada, ou reflexo de estética importada e alheia, e comunicação ilusória, agradando mas não transformando a platéia (imolando sua razão primeira de atender ao teatro).
Com recurso visual a favor de colaborar com o trabalho interpretativo, mas sem ofuscar a figura da atriz privilegiando o diretor. Na própria ambientação cênica a tradução de um aniquilamento de tudo, tudo, tudo inclusive do que possa ser uma boa atriz, também do que possa ser um bom patrão, um bom empregado, uma boa tio, um de bom lado das opiniões - sempre espelhado na ideia literária de Thomas Bernhard.
Detonar a supremacia da propaganda em ditar o que a nação quer, o que o eleitorado pensa, expor políticos de todos os partidos, uma varredura sem clemência. Expor a posição dos executivos que vendem seu know-how de um país por meros lucros pessoais, a exploração dos bancos e seus sistemas de créditos humilhantes, o comportamento da classe média que aparece no humor pré anal de alguns espetáculos feitos para vender, a sujeição dos atores jovens e dos de idade (com suposta carreira) ao sistema escravagista das televisões que contamina seus trabalhos para sempre, a submissão de alguns da arte em busca insaciável de aprovação de patrocinador e também do público para o sucesso cego,  enquanto como cultivadores da mente precisariam estar livres para apontar. Encenar uma posição política radical no palco, (um Karl Valentin mas irado, um Brecht mas raivoso) neste momento específico de nosso país onde a lucidez provoca por Bernhard demonstra que sem extinção não se consegue uma nova etapa civilizatória.

Espetáculo solo livremente inspirado em “Extinção” de Thomas Bernhard

Direção:
Denise Stoklos, Francisco Medeiros e Marcio Aurelio
Dramaturgista:
Ricardo Goldenberg

Concepção teatral, textos adaptados, coreografia, sonoplastia e interpretação solo:
Denise Stoklos
Cenografia:
J.C. Serroni

Iluminação:
Aline Santini
Vídeo:
Leandro N Lima

Fotografias:
Leekyung Kim
Sonoplasta:
Aragonesco
Assessoria de Imprensa:
Pombo Correio

Direção de Produção:
Luís Henrique Daltrozo (Luque)

Duração: 70 minutos.

 

Foto: Leekyung Kim

 

Teatro

Denise Stoklos em Extinção Direção e atuação: Denise Stoklos 16

Sesc Consolação ver no mapa compartilhar

20/04

SEX
21H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

21/04

SAB
21H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

22/04

DOM
18H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

27/04

SEX
21H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

28/04

SAB
21H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

29/04

DOM
18H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

01/05

TER
18H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

04/05

SEX
21H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

05/05

SAB
21H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

06/05

DOM
18H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

11/05

SEX
21H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

12/05

SAB
21H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

13/05

DOM
18H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30

18/05

SEX
21H
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00

Venda online desde
03/04/2018 12:00

À venda nas unidades desde
04/04/2018 17:30