Sesc SP

dancin

Em Viagem a uma planície enrugada, o coreógrafo carioca Gustavo Ciríaco coloca em cena um homem e uma mulher construindo e desconstruindo paisagens em miniatura.  Inspirado no livro Primavera Silenciosa (1962), de Rachel Carson, sobre os efeitos nocivos de pesticidas no meio-ambiente, o espetáculo discute a relação entre o homem e a natureza – em seus aspectos positivos e, principalmente, negativos, relembrandoos piores desastres ambientais causados pelo homem nos últimos 50 anos.

Concepção e direção: Gustavo Ciríaco
Performance e Collaboração: Natália Viroga e Gustavo Ciríaco
Design de luz, de som e implantação cenotécnica: Santiago Tricot
Cenografia: Juan Pablo Campistrous
Direção de produção: Barbara Fontana
Produção local: Ricky Levi
Residências: PAR – Artistas en Residência (Montevideo), Arqueologías del Futuro (Buenos Aires), Bienal SESC de Dança 2017
Administração, contratualização e produção local: Minotauro
Fotos: Nacho Correa, Renato Mangolin e Santiago Tricot
Viagem a uma planície enrugada contou com o financiamento do Programa IBERESCENA Criação Dramatúrgica e Coreográfica em Residência 2016

Duração: 40 minutos

Local: Arte II (13º andar)
*A capacidade do espaço é limitada de acordo com a montagem de cada atividade. Ressaltamos que esta apresentação não contará com assentos/cadeiras.

 

(Foto: Divulgação)

Dança

Viagem a uma planície enrugada De Gustavo Ciríaco (Brasil/Portugal) 16

Essa atividade aconteceu em 19/08/2018 no Sesc Avenida Paulista.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo