Sesc SP

Arthur Omar: A Origem do Rosto

Arthur Omar é um artista brasileiro múltiplo, com presença de destaque em várias áreas da produção artística contemporânea. Trabalha com cinema, vídeo, fotografia, instalações, música, poesia, desenho, além de ensaios e reflexões teóricas sobre o processo de criação e a natureza da imagem. Temas como o êxtase estético, a violência sensorial e social e a construção de metáforas visuais marcam toda sua obra, voltada para busca de uma nova iconografia da realidade brasileira. Em 1999, teve retrospectiva completa de sua obra em filme e vídeo no MOMA, de Nova York, e em 2001 no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) do Rio de Janeiro e de São Paulo. Na Bienal de São Paulo de 1997, apresentou a instalação fotográfica Antropologia da Face Gloriosa. O painel com 99 fotografias preto e branco em grande formato parte de um estudo do rosto e do êxtase fotográfico como dimensão transcendental, série hoje reconhecida como um clássico da fotografia brasileira. Sobre a fotografia, Arthur Omar diz: “A visibilidade está além dos olhos, em outro horizonte submerso, semiperdido a ponto de ser encontrado. A fotografia olha tanto nossa mirada quanto nós.”.

Adolfo Montejo Navas, curador da exposição, destaca a "pulsão antropológica que tem a imagem no artista, da interrogação transversal que tem a imagem em nossa vida, de seu lugar. A imagem como espaço maior que a própria arte. O que fica em evidência no movimento que tem as obras de Arthur Omar, o movimento interno, dentro da imagem, como se sua cristalização definitiva estivesse suspensa, em grau de vida raptada e não coisificada".
A exposição está prevista para acontecer no período de 29 de agosto a 01 de dezembro de 2018, ocupando a Área de Convivência da unidade.