Sesc SP

Palavras Cruzadas Divulgação

"Palavras Cruzadas: lugares de fala contemporâneos" é uma videoinstalação de Daniel Lima, com curadoria de Élida Lima e Felipe Teixeira e a participação do LabArteMidia - Laboratório de Arte, Mídia e Tecnologias Digitais da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

A exposição multimídia apresenta depoimentos de protagonistas de lutas contra preconceitos sociais que, atualmente, são tão diversos quanto cruzados. São 12 vídeos interativos apresentados em uma sala circular. Cada um dos vídeos projeta a fala direta de um protagonista, considerando entre eles os debates raciais, de classe, sexuais, de gênero e de outras expressões, que desafiam os discursos vigentes. A circularidade do espaço de projeção permite que o público esteja "dentro" ou "fora" desses discursos, sendo possível criar analogias, reflexões e diálogos a partir das falas cruzadas, além promover o exercício alteridade.

Entre os movimentos sociais contemplados e, os convidados e as convidadas a compor o projeto estão os seguintes nomes: Movimento Indígena com David Karai, Movimento Quilombola com TC Silva, Movimento Sem Teto com Carmen Silva, Mães de Maio com Débora Silva, pessoas em situação prisional com Dexter, Movimento das Prostitutas com Lourdes Barreto, Movimento Trans com Amara Moira, Cultura Surda com Edinho Santos, Movimento Secundarista com Marcela Jesus, Feminismo Negro com Juliana Borges, Movimento LGBTs  com Jéssica Tauane e Imigrantes com Shambuyi Wetu.

A exposição traz à tona o "lugar de fala" como fruto de uma tradição crítica sobre as identidades e sobre os debates estabelecidos já há algumas décadas pelos movimentos sociais acerca do exercício da alteridade e da desigualdade social enfrentada por indivíduos e grupos minoritários em direitos ao redor do mundo. A partir da exposição são propostas reflexões e aproximações entre diferentes formas de ser, além de promover a cidadania e o respeito à diversidade.

Daniel Lima
Bacharel em Artes Plásticas pela Escola de Comunicação e Artes da USP, mestre em Psicologia Clínica pelo Núcleo de Estudos da Subjetividade da PUC/SP e doutorando em Meios e Processos Audiovisuais pela Escola de Comunicação e Artes da USP. Desde 2001 cria intervenções e interferências no espaço urbano. Próximo de trabalhos coletivos desenvolve pesquisas relacionadas à mídia, questões raciais e processos educacionais. É membro fundador dos coletivos A Revolução Não Será Televisionada, Política do Impossível e Frente 3 de Fevereiro. Atualmente, dirige a produtora e editora Invisíveis Produções.

Élida Lima
Escritora, pesquisadora, editora e professora. De Belém, vive em São Paulo. Bolsista de doutorado no Núcleo de Estudos da Subjetividade da PUC-SP, atualmente desenvolve pesquisa sobre feminismos interseccionais, com foco nos campos "branquitude" e "cisgeneridade". É professora do Cursinho Popular Transformação, projeto de educação voltado para pessoas transgêneras, travestis e não-binárias em São Paulo. Realiza encontros de formação feminista com os coletivos PartidA e Associação Baobá. Nos últimos anos, tem organizado de livros de poesia, arte e política pela Invisíveis Produções.

Felipe Teixeira
Formado em Relações Internacionais pela USP e mestre em Economia pela UFRJ. Especialista em Gestão Publica. Membro fundador da Frente 3 de Fevereiro e DJ (conhecido como DJ Fatah). 

Local: Hall dos Elevadores

(Foto: Zeca Caldeira/ Daniel Lima)
 

Artes Visuais

Palavras Cruzadas: lugares de fala contemporâneos Uma videoinstalação de Daniel Lima. Curadoria de Élida Lima e Felipe Teixeira L

Sesc Vila Mariana ver no mapa compartilhar

20/09 a 23/12

10h ÀS 21h30*
  • Grátis

*Na abertura (20/9), o horário será das 19h30 às 22h.

22/09 a 15/12

SAB
10H ÀS 20H30
  • Grátis

23/09 a 16/12

DOM
10H ÀS 18H30
  • Grátis