Sesc SP

Esta atividade faz parte da

De|Generadas 4.0: Feminismos em Pauta - Um mosaico abrangente da atual produção cultural feminista que reflete a complexa experiência de ser mulher saiba mais

AlfonsinA-(ARG)

Com Espuma Bruma. 

Alfonsina é um espetáculo feminino que acontece num aparelho tradicional de circo, a corda-bamba. Tem como inspiração as vozes de dois ícones da literatura feminista: a poetisa argentina Alfonsina Storni (1892-1938) e a escritora inglesa Virginia Woolf (1882-1941).

A mulher e a palhaça se equilibram na poesia, juntando o circo e a literature para construir imagens, pensamentos e sensações dessa corda bamba que sustenta a vida.

Ficha técnica

:: Criação: Celeste Zalloechevarría e Fábio Freitas.

:: Interpretação: Celeste Zalloechevarría.

:: Direção: Fábio Freitas.

:: Cenografia, construção de aparelho e iluminação: Dodô Giovanetti.

:: Figurino: Florencia Santángelo.

:: Assessoria em movimento: María Angélica Gomes.

:: Voz de Alfonsina Storni: Aurora Santángelo Earp e Florencia Santángelo.

:: Voz de Virginia Woolf: Carol Cony.

:: Fotografia: Gian Lana.

María Celeste Zalloechevarria é Espuma Bruma, natural de Mar del Plata, Argentina. Artista de rua autodidata teve sua formação circense na Escola de Circo Criollo (Buenos Aires, Argentina), na Escola de Artes Urbanas (Rosário, Argentina) e na Escola Nacional de Circo (Rio de Janeiro, Brasil). É especialista em equilíbrio na corda-bamba e bolas de sabão. 

Desde 2010 participou com seu espetáculo solo de rua "rOdandO" em diversos festivais na Argentina, Peru, Uruguai, Brasil e Guatemala. Em 2013 chega para morar no Rio de Janeiro e ingressa na ESLIPA - Escola Livre de Palhaços. Estuda com LilY Curcio, Mauro Bruzza, Ésio Magallanes, Breno Moroni e Pepe Nuñez. Em sua pesquisa como palhaça realiza a oficina "O jogo como técnica" com João Carlos Artigos (Teatro de Anônimo). A partir deste encontro investe no aprofundamento do jogo cômico e o desafio de criar uma cena baseada na brincadeira, na sedução do espectador e uma comunicação que fale aos sentidos. A técnica é um pretexto para contar as histórias, comunicar e promover encontros.

No ano 2015 conforma com outros artistas o Coletivo de Criadores Circenses uma pesquisa para construir cinco solos de maneira coletiva. Assim e através do programa de Fomento a Cultura Carioca começa uma pesquisa com a direção de Fabio Freitas - Teatro de Anônimo e juntos criam AlfonsinA. No ano de 2017 realiza sua primeira turnê pela Europa apresentando em festivais da Espanha, França e Itália. Espuma Bruma consegue unir sua formação literária e circense num espetáculo onde a corda bamba fica a serviço do objetivo principal da palhaça: emocionar. 

 

A quantidade máxima permitida para compra é de 4 ingressos por pessoa

 

Teatro.  

 

(Foto: Divulgação)

 

 

 

 

Circo

Alfonsina (arg) L

Essa atividade aconteceu em 16/09/2018 no Sesc Santana.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo