Sesc SP

Esta atividade faz parte da

4ª FELIZS - Feira Literária da Zona Sul - A Feira incentiva a leitura e promove um encontro com escritores da região saiba mais

Amoras Emicida

Na música “Amoras”, Emicida canta: “Que a doçura das frutinhas sabor acalanto/ Fez a criança sozinha alcançar a conclusão/ Papai que bom, porque eu sou pretinha também”. E é a partir desse rap que um dos artistas brasileiros mais influentes da atualidade cria seu primeiro livro infantil e mostra, através de seu texto e das ilustrações de Aldo Fabrini, a importância de nos reconhecermos no mundo e nos orgulharmos de quem somos — desde criança e para sempre.

“Um livro que rega as crianças com o olhar cristalino de quem sonha plantar primaveras para colher o fruto doce da humanidade” (Sergio Vaz).

Emicida
Compositor, rapper e escritor da zona norte de São Paulo, Emicida, começou a se destacar em 2006, nas batalhas de freestyle, tornando-se um fenômeno na internet. Em 2009, o lançamento da mixtape "Pra Quem Já Mordeu um Cachorro por Comida Até que Eu Cheguei Longe" marcou a estreia da empresa que fundou com o irmão, Laboratório Fantasma, como um selo musical. Até então, era um coletivo que vendia camisetas feitas artesanalmente. O disco, vendido a R$ 2 nas ruas pelo próprio rapper, virou notícia por todo o Brasil e iniciou uma trajetória que o levaria a grandes festivais, como Rock in Rio, Roskilde e Coachella, e turnês internacionais.

Paralelamente a isso, a Lab, crescendo no ramo de merchandising e firmando-se como um dos maiores selos independentes do país, passou a agenciar outros artistas, como Rael. Em 2013, após duas mixtapes e dois EPs, Emicida lançou seu primeiro álbum, "O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui", sucesso de público e crítica, sendo considerado o disco do ano por publicações como revista Rolling Stone. Em 2015 veio "Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa", inspirado em uma viagem por Angola e Cabo Verde. Com participações de nomes como Caetano Veloso e Vanessa da Mata, o projeto rendeu ao músico uma indicação ao Grammy Latino - o que voltaria a acontecer neste ano, graças à música "A Chapa É Quente", do projeto Língua Franca, disco em parceria com Rael e com os rappers portugueses Capicua e Valete que celebra a língua comum entre os dois países.

Em 2016, lançou-se em um novo desafio: a estreia de sua marca, a LAB, na SPFW com um desfile histórico. Desde então a grife apresentou suas coleções mais duas vezes no evento, o maior da moda na América Latina, repetindo o sucesso anterior e o impacto de levar para a passarela pessoas de todos os tipos, como uma representação real das ruas.

O maior projeto de 2017 foi a gravação de seu primeiro DVD, em 20 de novembro, com show em São Paulo, e lançamento em abril de 2018.

Sem retirada de ingressos.

Literatura

“Amoras”, de Emicida, com ilustrações de Aldo Fabrini Lançamento de livro da Ed. Cia das Letrinhas com a presença de Emicida L

Essa atividade aconteceu em 12/09/2018 no Sesc Campo Limpo.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo