Sesc SP

Bauhaus postal 09.10.18-01

A exposição é um dos quatro "capítulos" do projeto internacional que comemora o centenário da Bauhaus, a inovadora escola de arquitetura, artes e design, que foi fundada na Alemanha em 1919 e fechada pelo regime nazista 14 anos depois. Apresentando cerca de 30 artistas e 300 trabalhos –  entre cerâmicas, têxteis, desenhos, utensílios populares, livro originais da biblioteca da Bauhaus, cartazes, fotografias, publicações, correspondências e vídeos.

Participam de bauhaus imaginista: Aprendizados Recíprocos os seguintes artistas: Anni Albers, Josef Albers, Arthur Amora, Susie Benally, Farid Belkahia, Lena Bergner, Lina Bo Bardi, Ahmed Cherkaoui, Lygia Clark, Rogério Duarte, Saul Elkins/Morteza Rezvani, Trude Guermonprez, Abdellah Hariri, Sheila Hicks, Paul Klee, Elisa Martins da Silveira, Mohamed Melehi, Hossein Miloudi, Hannes Meyer, Sibyl Moholy-Nagy, Hélio Oiticica, Lygia Pape, Geraldo Sarno, Ivan Serpa, Paulo Tavares, Lenore Tawney, Marguerite Wildenhain, Sol Worth/John Adair, Cristobal Zañartu.

O projeto internacional abrange diferentes exposições, simpósios e debates que estão percorrendo desde o mês de março países que foram influenciados pela pedagogia da Bauhaus, como Japão, China e Rússia. O objetivo é explorar intercâmbios transculturais entre os diversos movimentos globais de reforma que enxergavam na arte um agente de mudança social. No próximo ano, uma mostra reunirá todas as obras de bauhaus imaginista em Berlim.

O projeto tem curadoria de Marion von Osten (Berlim) e Grant Watson (Londres), com apoio dos pesquisadores Luiza Proença (São Paulo), Maud Houssais (Rabat), Anja Guttenberger (Berlim), Elissa Auther (Nova York) e Erin Alexa Freedman (Nova York).

A exposição bauhaus imaginista: Aprendizados Recíprocos é realizada pelo Sesc São Paulo, em parceria com a Bauhaus Kooperation Berlin Dessau Weimar, o Goethe-Institut e a Haus der Kulturen der Welt (HKW). O projeto de bauhaus imaginista tem o apoio financeiro do Ministério da Cultura e da Imprensa do Governo Federal da Alemanha, da Fundação Cultural Federal Alemã e do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha. A organização de bauhaus imaginista é uma colaboração com o Museu de Design da China, em Hangzhou; com a Instituição Administrativa Independente do Museu Nacional de Arte / Museu Nacional de Arte Moderna de Kyoto; e com o Garage Museum de Arte Contemporânea, de Moscou. Entre parceiros no exterior estão o Goethe-Institut da China, de Nova Déli, Lagos, Moscou, Nova York, Rabat, São Paulo e Tóquio.

Local: Galpão

Artes Visuais

bauhaus imaginista: Aprendizados Recíprocos Curadoria Marion von Osten e Grant Watson L

Sesc Pompeia ver no mapa compartilhar

25/10 a 06/01

TER, QUA, QUI, SEX
10H ÀS 21H30*
  • Grátis

** Nos dias 25 de dezembro e 1o de janeiro, a exposição estará fechada.

25/10 a 06/01

SAB, DOM
10H ÀS 18H*
  • Grátis

** A exposição estará fechada no dia 28/10.