Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Consciência Negra - Conjunto de ações que refletem cenários, produções, personagens, saberes, gingados, memórias, crenças e valores da cultura negra saiba mais

11.2018 - Danca - Leite Derramado

Leite derramado chama a memória das "mães pretas" sob o espectro da maternidade, mulheres destituídas de seu corpo, de suas afetividades, forçadas a abandonarem seus filhos para nutrir uma relação de amor e cuidados com filhos e famílias dos senhores de engenho. Não há relatos destas mães na história oficial do Brasil, apenas registros da narrativa dominante por meio de fotografias ("retratos-souvenir"), eternizando no imaginário popular o esterótipo de um amor subalterno, que reitera e atualiza a farsa do amor à servidão compulsória dentro de um sistema escravocrata, apaziguando a complexidade das relações inter-raciais e de gênero nos processos de exploração e dominação das raças. Peles e leites definirão para sempre a política dos afetos na formação do povo brasileiro, neste sentido esta performance apresenta-se como composição de um auto-retrato ao vivo.

Ana Musidora é artista da corpo e artista-educadora. Realizou seus primeiros estudos em letras português, onde cursou três anos letivos desta graduação na Pontifícia Universidade Católica SP, paralelamente aos trabalhos como produtora cultural junto à instituições públicas, centros culturais e coletivos artísticos autônomos. Bacharelada em Comunicação das Artes do Corpo com habilitação em dança (nesta mesma instituição), pesquisa memória do corpo e estética do estereótipo abjeto para corpografias dissidentes, investigando o hibridismo entre as linguagens da dança e performance. Atua ainda como criadora, curadora e conselheira de processos em performance para guerrilha: concepção e articulação coletiva da ação direta #PratoÀModaDaCasa no restaurante senzala em parceria com Erika Malunguinho - maio/2018; conselheira em performance para mulheres rebeldes atuando no "8 de março quebrada" 2017 e 2018" à convite da coletiva fala guerreira; curadora do encontro de abertura do quilombo urbano aparelha luzia, tecendo um panorama da produção de arte preta paulistana abril/2016, reunindo artistas das linguagens audio-visual, dança, performance, música, artes plásticas e literatura. Co-fundadora da nave gris cia cênica, dançarina de butô, atualmente desenvolve solo de dança junto ao centro de referência da dança da cidade de São Paulo.

Ficha Técnica

Pesquisa, Criação, Concepção, Cenário-Figurino e Poema Ana Musidora
Produção: Jô Rodrigues
Duração: 30min

Retirada de ingressos com 1h de antecedência na Central de Atendimento.
 

Local: Espaço Beta (3º andar).

Foto: Mônica Cardim

Ações para a Cidadania

Leite Derramado Com Ana Musidora 16

Essa atividade aconteceu em 23/11/2018 no Sesc Consolação.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo