Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Yesu Luso - Diferentes expressões da produção teatral em países que têm em comum a lusofonia: Angola, Cabo Verde, Moçambique, Macau , Brasil e Portugal. saiba mais

180821 EnsaioJGM MarioRainha WebSize 04 cóp

A morte do marido leva a matriarca a impor mão de ferro sobre as cinco filhas. Decreta oito anos de luto e reclusão entre paredes frias e janelas cerradas. Até que a paixão de duas delas por um rapaz precipita rupturas.

O espanhol Federico García Lorca pôs o ponto final na peça a 30 dias de ser assassinado pela ditadura, em 1936. O espetáculo a toma como um libelo contra o conservadorismo. “As ‘Bernardas Albas’ fecham as casas, que é como quem diz, as nossas instituições, e são a cada dia mais coercivas. As oportunidades não são iguais para todos. Propagam discursos onde subentendem mecanismos de repressão e censura como se defendessem liberdades. Fazem-nos confusos”, diz o diretor.

Ficha técnica:
Texto original: Federico García Lorca
Direção e espaço cênico: João Garcia Miguel
Com: Sean O’Callaghan, Annette Naiman, Paula Liberati e Duarte Melo
Figurinos: Rute Osório de Castro
Imagens de ensaios e promoção: Mário Rainha
Assistência à encenação: Rita Costa e Eurico D’Orca
Direção de produção em Portugal: Georgina Pires
Direção técnica: Roger Madureira
Consultoria de imagem e comunicação em Portugal: Alcina Monteiro
Apoio técnico: AUDEX
Coprodução: Companhia João Garcia Miguel, Teatro Ibérico, República Portuguesa-Cultura/Direção-Geral das Artes, Teatro-Cine de Torres Vedras e Junta de Freguesia do Beato

Foto: Mario Rainha

Teatro

A Casa de Bernarda Alba (Portugal) Espetáculo teatral no Sesc Santo Amaro 16

Essa atividade aconteceu em 11/11/2018 no Sesc Santo Amaro.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo