Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Abril Indígena - Atividades em diversos formatos e linguagens que abordam a luta dos povos indígenas por seus territórios e promovem o respeito à diferença saiba mais

Ações para a Cidadania - Ritual

Com Grupo Sabuká Kariri Xocó, Companhia Ikén, Cristine Takuá, Priscila Jácomo, Guga Cacilhas (Família Burg), Bárbara Salomé, Mauro Braga, Silvia Leblon,  Iuri Gebara e Joice Rodrigues. Indígenas Krahô, Kariri-Xocó e palhaços, juntos em uma apresentação-ritual com cantos, danças, brincadeiras e trapalhadas. Convocando a energia do riso e da luta para seguirmos apoiando e defendendo os direitos dos povos originários.

Grupo Sabuká Kariri Xocó: Coordenado pelo cacique e pajé Pawana Kariri Xocó o grupo é formado por indígenas kariris xocós de Porto Real do Colégio (Alagoas). Desde 2014 o grupo vem anualmente para São Paulo promover ações de intercâmbio cultural em escolas e centros culturais da capital, de Campinas e região. O grupo participa das ações com o Povo Parrir desde 2016 e já se apresentou com torés, cantos e danças no Sesc Registro e no Sesc Jundiaí.

Companhia Ikén: Coordenada pelo Hotxuá Ismael Ahpract Krahô é formada por Ahpract, seus netos-hotxuás Mario e Samuel e pelo cantor Cukon Krahô. Participaram de ações do Povo Parrir tanto na aldeia como na cidade em 2015, 2016 e 2018.

Cristine Takuá: Professora indígena. Formada em Filosofia pela UNESP - Marília, ministra aulas de Filosofia, Sociologia, História e Geografia na EE Indígena Txeru Ba'e Kua-I, DER Santos, pertencente à Terra Indígena Ribeirão Silveira, que se localiza na divisa dos municípios de Bertioga e São Sebastião. 

Priscila Jácomo: "Cacica" e coordenadora do Povo Parrir produziu e atuou em todas as ações do projeto desde 2015. Estuda a linguagem do palhaço desde 2006 e pesquisa o "palhaço sagrado" desde 2014.

Família Burg (Guga Cacilhas): Iniciaram o percurso como palhaços através de uma pesquisa intitulada "A descoberta do Clown Pessoal" orientada por Ricardo Puccetti do LUME TEATRO. Desde então vêm aprimorando o exercício da comicidade, seja através de gag's, reprises, números, entradas e espetáculos. Léris Colombaione, tradicional palhaço italiano, foi um nome de grande importância para a formação da identidade cômica da família Burg. Participou do Cabarés do Povo Parrir com os krahôs em 2016 e dos Cabarés do Povo Parrir e Pacantar com os kariris xocós em 2016, 2017 e 2018. Em 2017 os palhaços também participaram do evento "A Alegria da Terra" na aldeia dos Guaranis em Boraceia.

Bárbara Salomé: Atriz e palhaça. Atua como palhaça no coletivo ah!gente secretx e participou dos projetos ¿Histórias Sem Fim' (2015) e 'Esconderijo Secreto' (2016) na comunidade do Jardim Damasceno, periferia da cidade de São Paulo, em parceria com o CCJ Centro Cultural da Juventude. Participou dos Cabarés do Povo Parrir e Pacantar com os kariris xocós em 2016, 2017 e 2018 e do evento 'A Alegria da Terra' na aldeia dos Guaranis em Boraceia.

Mauro Braga: Bacharel em Música Popular pela Unicamp, violoncelista  e palhaço. Integrou o quarteto de cordas Carcoarco e a companhia cênico-circense ParaladosanjoS. Em 2015 criou a Cia Oruã. Participou dos Cabarés do Povo Parrir e Pacantar com os kariris xocós em 2017 e 2018 e do evento ¿A Alegria da Terra' na aldeia dos Guaranis em Boraceia.

Silvia Leblon:  Atriz e palhaça. Contemplada com o Prêmio Funarte de Teatro Miriam Muniz criou o espetáculo solo Spirulina em Spathódea com direção de Ricardo Puccetti. A peça foi apresentada em várias cidades do Brasil e da Europa. Recentemente ganhou o prêmio de melhor atriz e melhor espetáculo adulto no Festival de Teatro de Juiz de Fora. Participou dos Cabarés do Povo Parrir e Pacantar com os kariris xocós em 2016, 2017 e 2018.

Iuri Gebara: Palhaço, fez a formação na Eslipa em 2016.  Participou dos Cabarés do Povo Parrir e Pacantar com os kariris xocós em 2016, 2017 e 2018 e do evento 'A Alegria da Terra' na aldeia dos Guaranis em Boraceia.

Joice Rodrigues: Atriz, palhaça e arte-educadora. Atua como palhaça no coletivo ah!gente secretx. Foi artista educadora no Programa PIÁ (2015, 2016); orientadora de artes cênicas no SESI-SP -Araraquara e Mauá. Participou dos Cabarés do Povo Parrir e Pacantar com os kariris xocós em 2016 e 2017 e do evento 'A Alegria da Terra' na aldeia dos Guaranis em Boraceia.

Local: Quintal. 

 
 

Ações para a Cidadania

Ritual Parrir e Parresistir L

Essa atividade aconteceu em 06/04/2019 no Sesc Ipiranga.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo