Sesc SP

contosfilosoficos

Autores com públicos bastante distintos e abordagens diferentes para assuntos em comum. Contrastes que se encontram na literatura. O encontro traz Ignácio de Loyola Brandão e Felipe Castilho, dois escritores de gerações e públicos dessemelhantes que, em comum, apostam na distopia para tratar de problemas do mundo de hoje, especialmente da cruel e peculiar realidade brasileira.

Felipe Castilho é autor da série "O Legado Folclórico" (Gutenberg), do audiolivro "Futuros malfeitos, pretéritos imperfeitos" (Tocalivros) e do romance "Ordem Vermelha: Filhos da Degradação" (Intrínseca), que figurou por várias semanas na lista de mais vendidos desde o seu lançamento em Dezembro/2017. Roteirizou recentemente a HQ "Desafiadores do Destino: disputa por controle" (AVEC) e Savana de Pedra, que foi finalista do Prêmio Jabuti. 

Ignácio de Loyola Brandão é um dos mais importantes escritores de nossa literatura. Lançou há alguns meses o "Desta Terra Nada Vai Sobrar, a Não Ser o Vento que Sopra Sobre Ela" (Global), que compõe uma espécie de painel distópico proposto pelo autor junto com seus dois grades clássicos: "Zero" e "Não Verás País Nenhum". Em "Desta Terra" também temos uma São Paulo projetada no futuro, com a exacerbação de problemas que já vemos habitualmente pela cidade.

Acesso livre, sujeito à lotação do espaço.

Local: Biblioteca (15° andar)

(Fotos: divulgação)

 

 

Literatura

Contrastes: Ignácio de Loyola Brandão, Felipe Castilho e as Distopias Mediação de Rodrigo Casarin L

Essa atividade aconteceu em 18/04/2019 no Sesc Avenida Paulista.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo