Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Tecnologias e Artes em Rede - Tecnologias Livres - Ação em rede, ao longo do mês de junho, com atividades ligadas à liberdade de uso e apropriação em tecnologias e artes. saiba mais

Valquiria Laje - avatar

O projeto "Vídeo-cartas: conexões migrantes" propõe uma série de oficinas multiculturais com o objetivo produzir um laboratório audiovisual explorando a memória afetiva e as narrativas dos participantes em relação a experiências de migração, deslocamentos, refúgio, exílio ou saudades.

A proposta se inspira em movimentos artísticos como o teatro do oprimido e a tropicália, e de expressões como arte-postal, vídeo-arte, cinema expandido e design de mídia.

Ao longo dos encontros, por meio de dinâmicas diversas, são abordados conceitos e referências sobre a questão migratória contemporânea em suas interconexões com direitos humanos, cultura e novas tecnologias. Serão compartilhadas técnicas de áudio, vídeo, fotografia, roteiro e edição com a expectativa de fortalecer os processos criativos dos participantes e despertar novos processos colaborativos.

A partir de uma plataforma de comunicação integrada com as vídeo-cartas, proporciona-se espaços para integrar culturas, experiências, mas também línguas, imagens, na forma de textos, fotografias e vídeos.

A integração social, cultural e artística proporcionada pela vivência nas oficinas e pela co-presença e co-criação através das redes de comunicação digital deve criar um rico intercâmbio, que possibilite também discussões sobre a importância das mídias livres na democratização e descolonização da informação, da cultura e da comunicação, contribuindo para o pensamento crítico e questionamentos filosóficos promovidos por questões como presença, distância e movimento. 

Inscrições a partir de 3/6 na Central de Atendimento ou pelo e-mail cursos@carmo.sescsp.org.br.

*Não haverá oficina em 14/6. 

Sobre os oficineiros:

Karina Quintanilha é advogada e coordenadora de projetos em cultura e direitos humanos. Mestra em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) com tema "Migração forçada no capitalismo contemporâneo: trabalho, direitos e resistências no Brasil". Tem especialização em migração e refúgio sob a perspectiva de direitos humanos pela Universidad de Lanús na Argentina. Integra o grupo de pesquisa Colabor-USP, por meio do qual é curadora do Fórum Internacional Fontié ki Kwaze - Fronteiras Cruzadas na ECA-USP.

Daniel Perseguim é mídia-designer. Mestrando no Programa Interunidades Estética e História da Arte (USP), desenvolve criações e pesquisas nos campos de arte, educação e tecnologia por meio do texto, imagem, som e suas extensões. Integra o grupo de pesquisa Colabor-USP, por meio do qual é membro da Comissão de Organização do Fórum Internacional Fontié ki Kwaze - Fronteiras Cruzadas na ECA-USP.

Juan Cusicanki é ator, músico, performer, projetista, cenógrafo. Imigrante das artes, propaga a Cultura dos povos originários Quéchuas, Guaranis, Aymaras e povos indígenas do Brasil. Fundador do grupo musical "Kollasuyu Maya". Atua em filmes e peças de teatro, além de Pprticipar do ano Novo Amazônico Andino representando o Deus da Abundância " El Ekeko em La Alasita". Integra o grupo de pesquisa Colabor-USP, por meio do qual é membro da Comissão de Organização do Fórum Internacional Fontié ki Kwaze - Fronteiras Cruzadas na ECA-USP. 

Local: Sala de Oficinas 2 

Foto: Valquíria Lage

Tecnologias e Artes

Vídeo-cartas: conexões migrantes com Karina Quintanilha, Daniel Perseguim e Juan Cusicanki 12

Essa atividade aconteceu de 21/06/2019 a 05/07/2019
no Sesc Carmo.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo