Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Lab Infantil - Projeto de experimentações 'faça você mesmo' em eletrônica criativa e artes em geral saiba mais

Brincando com camera escura

Por meio da construção de câmeras escuras de visualização, os participantes experimentam algumas possibilidades de formação e deformação de imagens por meio de intervenções dentro da câmera construída.
O princípio da câmera obscura é o fenômeno óptico responsável pela formação da imagem no interior de todos os dispositivos produtores de imagens, seja uma câmera analógica, digital ou um smartphone. Por meio da câmera obscura e das câmeras fotográficas artesanais podemos observar com clareza o processo de formação da imagem e refletir sobre ele.

Ana Angélica Costa é artista visual, pesquisadora e produtora cultural, mestre em Artes pela UERJ. Possui ampla pesquisa em fotografias feitas com câmeras pinhole e experimentos com câmeras obscuras, tendo publicado o livro "Possibilidades da câmera obscura". Vive e trabalha em Campinas há quatro anos, onde fundou a Câmera Lúcida (www.cameralucida.com.br) e a Casa de Eva (www.casadeeva.com.br), espaço de criação e aprendizagem onde ocorrem cursos ligados aos fazeres da fotografia e das artes.

Local: Espaço de Tecnologias e Artes

Foto: Divulgação 




 

Tecnologias e Artes

Brincando com câmeras escuras Com Ana Angélica Costa L

Essa atividade aconteceu em 04/08/2019 no Sesc Ipiranga.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo