Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Ounje- Alimento dos Orixás - Uma imersão artística na culinária e na cultura das religiões afro-brasileiras. saiba mais

axe pra quem é de axe

Os Afoxés, manifestações que vieram da África com os escravos Yorubás, eram grandes cortejos reais que se deslocavam de um reino para o outro quando um rei precisava de outro, para determinada situação. O Rei levava nas viagens toda a sua corte, sempre precedida por um feiticeiro que carregava nas mãos um pó mágico chamado de Afoxé, que era espalhado pelo caminho para fazer com que a missão fosse bem sucedida.

Os Afoxés sempre foram integrados ao Carnaval em função do mito. Pois o objetivo é limpar o local para que os outros que vêm depois possam passar e serem bem sucedidos em sua missão.

O bloco Afoxé Ile Omo Dadá foi fundado em 1980 pela Iyalorisa Wanda D'Osun e pelo Ogã Gilberto de Esu, dois grandes nomes que representam as religiões de matriz africana no Brasil. O nome é uma antiga afirmação "Nós Somos da Coroa de Dadá", identificação de descendentes das nações Nagôs e Xambás, muito presentes em Recife.

Local: Galpão

Foto: Gutemberg Bispo Gomes

Para saber mais sobre a mostra Ounje - Alimento dos Orixás leia matéria na EOnline. 

Dança

Axé para quem é de Axé! L

Essa atividade aconteceu em 25/08/2019 no Sesc Ipiranga.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo