Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Dramaturgias 2 - Panorama da produção dramatúrgica brasileira contemporânea saiba mais

portal1200x488 dramaturgias2

Conversa sobre a dramaturgia produzida nos anos 80 e 90.

Autor de teatro, rádio, cinema e TV, Bosco Brasil é formado em Teoria do Teatro (Dramaturgia e Crítica Teatral) pela Escola de Comunicações e Artes (ECA/USP). Com peças encenadas em diversos países, recebeu os prêmios Shell e Molière de 1994, por Budro, e os prêmios Shell e APCA de 2001, por Novas Diretrizes em Tempos de Paz. No cinema foi laureado em 2012 no Diva Film Festival, Chile, por Máscara Negra, e pela Academia Brasileira de Cinema em 2010, por Tempos de Paz.

Mario Viana é dramaturgo, roteirista e jornalista paulistano. Estreou como autor nas Jornadas Sesc de Teatro 1993, com Ifigônia. Escreveu Um chopes, dois pastel & uma porção de bobagem, Pantagruel e O Pior de S. Paulo com o grupo Parlapatões. Autor de Vestir o Pai, Carro de Paulista, O Campeão de Dominó do Alaska, entre outras. Na TV, foi colaborador de Lauro César Muniz, Aimar Labaki, Rosane Svartman & Paulo Halm e Cao Hamburger (Emmy de Melhor Novela Teen para Malhação Viva a Diferença). Autor dos livros Natureza Morta & outras peças curtas e O Tio do Pavê e outras crônicas, ambas pela Giostri Editora.

Marcelo Rubens Paiva é escritor, roteirista e dramaturgo, nasceu em 1959 em São Paulo. Estudou Rádio-TV na Escola de Comunicações e Artes da USP, frequentou o mestrado de Teoria Literária da Unicamp, curso de dramaturgia do Centro de Pesquisas Teatrais do Sesc-SP e o Knight Fellow Program da Universidade de Stanford, Califórnia.

Local: Praça  

 

Teatro

Roda de Conversa: Dramaturgia dos anos 80 e 90 Com Bosco Brasil e Mario Viana. Mediação de Marcelo Rubens Paiva L

Essa atividade aconteceu em 10/08/2019 no Sesc Ipiranga.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo