Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Sesc Jazz 2019 - A segunda edição do Sesc Jazz reúne artistas de quatro continentes para mostrar as vertentes da produção contemporânea saiba mais

Sesc Jazz dia 1

Gard Nilssen's Acoustic Unity
Noruega

Acoustic Unity é o projeto mais recente do baterista e compositor norueguês Gard Nilssen, que tem 36 anos e já gravou 18 álbuns.
Nilssen se apresentou ao lado de diversos artistas e bandas, tais como os trios noruegueses Bushman's Revenge (jazz com rock progressivo) e Puma (jazz experimental). Com o Acoustic Unity, criado em 2014, ele já gravou "Firehouse" (2015), "Live in Europe" (2017) e "To Whom Who Buys a Record" (2019).
Este último trabalho, caracterizado por jazz experimental com traços de rock progressivo, será a base do repertório no Sesc Jazz. O disco, segundo o baterista, foi gravado ao vivo em um quarto em Oslo, capital da Noruega, sem amplificação alguma. "Tenho muito orgulho do resultado", diz ele.
Nilssen, que já fez quatro shows no Brasil em 2018, promete que o retorno será "com muita energia". Um dos músicos que o acompanham é o norueguês Andrè Roligheten, que não se contenta com um instrumento só. Ele tem o hábito de tocar dois saxofones ao mesmo tempo, ou clarinete e sax simultaneamente.

Gard Nilssen (bateria)
Petter Eldh (baixo)
Andrè Roligheten (saxofone)

 

Arturo Sandoval
Estados Unidos e Cuba

O trompetista cubano é um dos responsáveis por adicionar influências latinas ao jazz norte-americano. Isso se deu em parte pela amizade e mentoria do jazzista norte-americano Dizzy Gillespie (1917-1993), para quem prestou homenagem no álbum “Dear Diz: Everyday I Think of You", lançado em 2012.
Sandoval foi um dos fundadores do grupo Irakere, ao lado de Chucho Valdés, em 1973. A mistura de jazz, rock e das músicas clássica e tradicional cubana impactou o mundo do entretenimento e conquistou público e crítica, que rendeu ao grupo um Grammy na categoria melhor álbum latino em 1980. Oito anos depois, ele deixou o Irakere para formar sua própria banda.
O artista, que começou a carreira aos 12 anos tocando trompete clássico, ganhou dez vezes o prêmio Grammy em diversas categorias e seis vezes o Billboard Music Awards.
O set list dos shows de Arturo sempre muda de acordo com o público e o país por onde se apresenta. No Sesc Jazz, a expectativa é de que Arturo passeie do jazz afro-cubano até o bebop, com seu trompete e também ao piano.

Arturo Sandoval (trompete)
John Belzaguy (baixo)
Tiki Pasillas (percussão)
Michael Tucker (sax)
Johnny Friday (bateria)
Maxwell Haymer (piano)

 

*Ingresso válido para os dois shows que acontecem nesta data. Venda limitada a 4 ingressos por pessoa.

Música

Gard Nilssen's Acoustic Unity (Noruega) + Arturo Sandoval (Estados Unidos e Cuba) 12

Essa atividade aconteceu em 17/10/2019 no Sesc Araraquara.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo