Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Anna Bella Geiger: Brasil Nativo/Brasil Alienígena - exposição e programação integrada saiba mais

11.2019 - Artes Visuais - Anna Bella

Numa correalização entre Sesc SP e MASP a exposição panorâmica sobre a obra de Anna Bella Geiger (Rio de Janeiro, 1933), aborda diversos períodos da trajetória da artista, incluindo trabalhos desde a década de 1950 até os anos 2000. A mostra é intitulada Anna Bella Geiger: Brasil Nativo/Brasil Alienígena, e toma emprestado o título de uma série importante da artista, de 1977, em que ela aborda questões políticas, sociais e antropológicas.

O trabalho Brasil nativo/Brasil alienígena será utilizado como eixo condutor da mostra, que irá apresentar obras que discutem criticamente a história e a realidade social do país – como o passado colonial, a identidade nacional, a representação dos povos indígenas e questões ecológicas –, atravessadas por uma perspetiva e narrativa autobiográfica.

No MASP, a exposição irá reunir trabalhos de diferentes períodos da artista: as representações do interior do corpo humano, do período Visceral, com as gravuras (anos 1960); as apropriações de elementos da cartografia, da geografia e da matemática, nas séries de Mapas (anos 1970-80), Equações (anos 1970-80) e Rolinhos (anos 1990-2000), os conjuntos de cadernos com referências a materiais didáticos (anos 1970), diferentes obras da série Burocracia (anos 1970-2000); e um conjunto de trabalhos em pintura, da série Macios (anos 1980).

No Sesc Avenida Paulista, serão remontadas três instalações audiovisuais históricas da artista: Friso, mesa e vídeos macios, apresentada uma única vez na 16a Bienal de São Paulo (1981), Circumambulatio, trabalho criado especialmente para uma exposição no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, em 1972, e Indiferenciados, elaborado para uma grande mostra de Anna Bella Geiger no Paço Imperial, no Rio de Janeiro, em 2001. As instalações serão complementadas com vídeos que exibem trabalhos de diferentes períodos da artista.

A exposição, curada por Adriano Pedrosa, diretor artístico do MASP, e Tomás Toledo, curador-chefe do MASP, irá contar com um catálogo de 312 páginas que abrangerá as diversas facetas da produção de Anna Bella Geiger, com reproduções das obras expostas, materiais de arquivo, republicações de escritos da artista e textos inéditos de Bernardo Mosqueira, Estrella de Diego, Gabriela Barzaghi de Laurentiis, Zanna Gilbert e dos curadores.

Para agendamento de grupos com mais de 15 pessoas, por favor entrar em contato pelo e mail agendamento@avenidapaulista.sescsp.org.br

Local: Arte I (5º Andar)

Credencial Plena do Sesc tem desconto para ver a exposição no Masp, no período de 30 de novembro de 2019 a 1 de março de 2020.
50% no valor do ingresso de acesso ao Museu;
40% na aquisição do cartão Amigo Masp em todas as categorias, que possui como benefício a entrada ilimitada e sem filas ao Masp.


(Imagem: Acervo Anna Bella Geiger)

saiba mais

Artes Visuais

Anna Bella Geiger: Brasil Nativo/Brasil Alienígena Com Curadoria de Adriano Pedrosa e Tomás Toledo L

Sesc Avenida Paulista ver no mapa compartilhar

30/11 a 01/03

TER, QUA, QUI, SEX, SAB
10H ÀS 21H30
  • Grátis

30/11 a 01/03

DOM
10H ÀS 18H30*
  • Grátis

*Feriados também neste horário