Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Palco Verde - Com estrutura montada em meio às arvores do bosque do Sesc, este projeto difunde a linguagem musical em seus diversos gêneros saiba mais

Rael e Drik CADASTRO

Drik Barbosa

Lançamento do disco de estreia da cantora e compositora paulista, que chega com uma sonoridade urbana, afro-brasileira e contemporânea. Drik soa pop e mantém o discurso afiado, sem deixar de fazer reverência ao rap, levando o gênero em que se destacou para além do seu próprio meio. 

Ao longo de sua carreira, Drik participou com Emicida da trilha de “O Menino e o Mundo” (2013) e da faixa “Mandume”, do disco “Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa” (Lab/2015). Seguiu integrando o coletivo de rap e R&B Rimas & Melodias e mostrando habilidade no cypher luso-brasileiro “Língua dos Campeões”. Show às 20h.


Rael
Capim Cidreira

Lançamento do novo álbum de Rael, em que o artista parte da experiência pessoal de um período depressivo para construir um repertório leve, dançante e de boas energias.

Nascido e criado na zona sul de São Paulo, no Jardim Iporanga, o cantor e MC começou a construir sua história com o grupo Pentagono, que se tornaria referência no rap nacional. Em 2010, lançou seu primeiro disco solo, “MP3 - Música Popular do Terceiro Mundo; em 2013, “Ainda Bem que Eu Segui as Batidas do Meu Coração”, o primeiro pelo selo Laboratório Fantasma. Em 2014, colocou nas ruas o EP “Diversoficando”, em uma ação inédita: o trabalho foi disponibilizado para audição em muros de São Paulo e do Rio por meio de dispositivos instalados pelo próprio Rael. Em 2016, lançou “Coisas do Meu Imaginário”, com produção de Daniel Ganjaman e participações de Chico César, Ogi e Black Alien. O álbum rendeu a Rael presença nas principais listas de melhores do ano, além do Prêmio da Música Brasileira de Melhor Cantor. Em 2017 se apresentou no Rock in Rio e estreou show em homenagem a Vinicius de Moraes.

Com produção do próprio Rael, Capim Cidreira marca uma mudança em seu processo criativo - ele concebe a obra do começo ao fim, pensando na parte instrumental e na estrutura, para depois compor a letra em cima do que foi criado. Recentes visitas a três países da África - Angola, Zimbábue e Tanzânia - o aproximaram de referências locais, o que também contribuiu para a identidade do álbum. Show às 21h30.


Abertura dos portões às 19h

Ingressos limitados a 2 (dois) por pessoa. A entrada de menores de 16 anos é permitida apenas se acompanhados de um responsável legal, com apresentação de documentos de ambos.
 

(Fotos: Bruno Trindade/ João Wainer)

Música

Rael + Drik Barbosa L

Essa atividade aconteceu em 22/11/2019 no Sesc Presidente Prudente.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo