Sesc SP

fssil

A peça "Fóssil" articula histórias de mulheres curdas torturadas da Síria com memórias de mulheres na ditadura brasileira de 64, quando uma cineasta apresenta o seu novo projeto para uma empresa, distribuidora de gás liquefeito de petróleo, financiar. 

FICHA TÉCNICA
Idealização: Natalia Gonsales
Dramaturgia: Marina Corazza
Direção: Sandra Corveloni
Com: Natalia Gonsales e Nelson Baskerville
Música Original: Marcelo Pellegrini
Desenho de Luz: Aline Santini
Figurino: Leopoldo Pacheco
Cenário: Carol Bucek
Videografismo e Videomapping: André Grynwask e Pri Argoud (Um Cafofo)
Voz canção curda: Rojda
Produção musical: Surdina
Mãe de Anna: Clara Cury
Cenotecnico: Zé da Hora
Assistência de Direção: Felipe Samorano
Assistência e Operação de Luz: Pajeú Oliveira
Operação de som: Pedro Ricco
Projecionista: André Grynwask
Direção de palco: Bruna Lima
Assessoria de Imprensa: Pombo Correio
Assessoria de Midias Sociais: Barbara Berta
Fotos de Divulgação: Ronaldo Gutierrez e Haroldo Miklos
Registros fotográficos do Curdistão: Alexandre Auler, Fabio Braga e Virginia Benedetto
Imagens aéreas (drone) de Kobani: Gabriel Chaim
Aulas sobre os conflitos do Oriente Médio: Reginaldo Nasser
Realização: Bem Casado Produções Artísticas
Direção de Produção: Leticia Gonzalez e Contorno Produções
Produção Executiva: Leticia Gonzalez

Dias 9/1 a 2/2. Quinta a sábado, 21h30. Domingos e feriado (25/1) 18h30.

Local: Espaço Cênico

Foto: Ronaldo Gutierrez

Teatro

Fóssil 12

Essa atividade aconteceu em 02/02/2020 no Sesc Pompeia.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo