Sesc SP

83

Espetáculo de dança contemporânea que tem como pressuposto desvendar os mitos, de forma global, sobretudo em África. 

Bernardo Guiamba (Pak Ndjamena) é um bailarino, coreógrafo e performer de Maputo, Moçambique. Iniciou na dança em 1996, na Escola Nacional de Dança e, em 2001, surge a primeira oportunidade de formação em dança contemporânea (Projecto Alma Txina), com a CulturArte. A partir de 2006, colaborou e participou de vários projetos nacionais e internacionais, destacando-se os com os coreógrafos Maria H. Pinto (Moçambique), Augusto Cuvillas (Moçambique), Miguel Pereira (Portugal) e Horácio Macuacua (Moçambique), além de projetos individuais e colaborações artísticas com os artistas visuais Rafael Bordalo (Moçambique), Gerard Machona (Zimbábue/Africa do Sul) e vários outros. Colaborou em filmes como ator e atualmente dirige o festival Raíz, dedicado a música tradicional moçambicana. Além de dirigir seus projetos dentro e fora do país, tem ministrado aulas e oficinas de dança contemporânea a todos os níveis e técnicas para profissionais e amadores.

FICHA TÉCNICA

Concepção e intérprete: Pak Ndjamena

Operadora de som: Rafaela Castro

Produção executiva: Felipe Cirilo e Mariângela Andrade

Local: área de convivência

Livre. 

Foto: Divulgação

Dança

Deus nos Acudi com Pak Ndjamena L

Essa atividade aconteceu em 14/03/2020 no Sesc Pompeia.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo