Sesc SP

sapientia 477x194
Clique para fazer a sua inscrição

No último século emergiu uma nova forma de dimensionar pessoas, objetos e acontecimentos pela presença hegemônica de um critério denominado genérica e ingenuamente “informação”. A hegemonia de tal critério de valor nos conduz a alguns de seus invariáveis componentes, a quantificação, a velocidade e o valor econômico.

Os três, juntos ou separadamente, geram um impacto sobre pessoas e ambientes , uma vez que se apresentam como metas e ideais a serem atingidos nos mais diversos campos da atividade humana, desde as ciências, que pretendem mensurar velozmente e financeiramente os resultados de sua atividade, passando pelas religiões, que buscam dominar instrumentais de grande impacto social e de fina capilaridade, até a educação, que coloca equivocadamente a informação quantificável como sua meta prioritária. 

Igualmente se contaminam pela fúria informacional muitos outros ambientes da atividade humana como as artes, a mídia, as relações interpessoais e até mesmo as formas de lidar com a alma e a psique humanas. Tal diagnóstico nos relembra e traz de volta a necessidade de um valor que caiu em desuso na cultura ocidental contemporânea: a sabedoria. O que seria hoje a sabedoria? O que significa resgatá-la nos nossos dias? O que teríamos que considerar atualmente necessário para resgatar este saber esquecido? Estas e tantas outras perguntas serão tratadas nos diálogos que se realizarão nesses dois dias do Simpósio Sapientia, sabedoria - arqueologia de um saber esquecido.

Concepção: Norval Baitello Junior (Pontifícia Universidade Católica de S.Paulo) e Christoph Wulf (Freie Universität Berlin); Assistente: Camila Garcia (PUC-SP); Realização: SESC-SP, Centro Alemão de Ciência e Inovação – São Paulo (DWIH-SP), Goethe - Institut, CISC-PUC-SP, IFHA-FUBerlin e University of Music FRANZ-LISZT Weimar.

:::Veja a programação abaixo:::

>>>Terça-feira,  15 de Setembro de 2015<<< 

10h – Abertura Oficial 
Danilo Santos de Miranda (Diretor Regional Sesc SP).
Ana Maria Marques Cintra (Reitora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)
Katharina von Ruckteschell-Katte (Diretora do Goethe – Institut São Paulo e para a Região América do Sul)
Martina Schulze (Presidente do Conselho Diretor do DWIH-SP e Diretora do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico, DAAD, no Brasil)

 
10h30 - 11h. Abertura 
Sabedoria. Arqueologia de um saber esquecido?
Christoph Wulf  (Freie Universität Berlin) e Norval Baitello Junior (PUC-SP) 

 
11h -13h. (Tema 1)  
Educar para a sabedoria? É possível educar para um mundo mais sábio?,
Renato Janine Ribeiro (Ministério da Educação do Brasil) e Christoph Wulf (UNESCO-Alemanha)
Mediador: Leão Serva

 
15h -17h (Tema 2)
Vida ou valor? Há uma sobrreposiçao do econômico  sobre a vida? 
Bettina Schmidt (University of Wales) e Muniz Sodré (Universidade Federal do Rio de Janeiro)
Mediador: Maurício Ribeiro da Silva

17h30-19h30 (Tema 3) 
Sofrimento: crescer pela dor? Como imergir na profundeza da alma?
Birgit Althans  (Universität Lüneburg) e Waldemar Magaldi (Instituto Junguiano de Ensino e Pesquisa - Faculdade de Ciências da Saúde)
Mediador: Jorge Miklos

19h30 (Encerramento com Coro da Câmara de University of Music FRANZ-LISZT Weimar)
Repertório:
Wolfgang Geiger (*1991 – membro do coro): "The Love of God has been poured out“ 
Heitor Villa Lobos (1887-1959): "Ave Maria“
Felix Mendelssohn Bartholdy (1809-1847): Moteto a oito vozes "Mitten wir im Leben sind“ Op. 23 Nr. 3
Johann Sebastian Bach (1685-1750): "Singet dem Herrn ein neues Lied“ Moteto BWV 225



>>>Quarta-feira, 16 de setembro de 2015<<<
 
10h30-12h30 (Tema 4)
Presente ou Genealogia? Como estar no presente e no futuro sem esquecer as origens?
Ekhard Fürlus (Universität der Künste Berlin) e Norval Baitello Junior (PUC-SP)
Mediador: Diogo Bornhausen

 
14h30- 16h30h. (Tema 5)
Não-saber é saber? Quando o silenciar é sábio?
Hajo Eickhoff (Freie Universität Berlin) e Tiago de Oliveira Pinto (Universität Weimar)
Mediador: Camila Garcia

 
17h-19h.  (Tema 6)
Sabedoria do coração? 
Quais chaves da sabedoria se escondem no afeto?
Almut Renger (Freie Universität Berlin) e Malena Segura Contrera (Universidade Paulista)
Mediador: José Eugenio de Oliveira Menezes

 
19h-19h30  (Encerramento)
Balanço, silêncios e lições de casa...
Bernd Fichtner (Universität Siegen) e Maria Conceição de Almeida (Universidade Federal do Rio Grande do Norte)

Local: Teatro Anchieta
Ações para a Cidadania

SAPIENTIA Arqueologia de um saber esquecido 16

Essa atividade aconteceu de 15/09/2015 a 16/09/2015
no Sesc Consolação.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo