Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Contextos Literários. Com a Palavra: Mulheres! - Série de atividades pertinentes à produção literária. saiba mais

6246597753 dcc7b873a6 o
Para os meses de janeiro e fevereiro nosso tema é a Literatura Independente, alternativa que os escritores criaram para a publicação de suas obras. Serão seis encontros, sempre às segundas-feiras à noite, com a presença de convidados percorrendo desde os processos de criação individual dos textos, como os caminhos da produção literária, o mercado editorial alternativo e os possíveis espaços de circulação das obras e de seus autores.

Embora o Minc ainda não tenha divulgado o número oficial final, os eventos literários brasileiros de 2015 superaram os 320 divulgados em 2014. Foram diversos salões de leitura, bienais, festas, jornadas, festivais e as feiras literárias, que incluem desde a consagrada Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), na sua 13ª edição, até a Flipobre, recém-nascida em 2014 e inovadora em seu formato 100% virtual. Neste encontro pretende-se problematizar quais os impactos destes eventos na fruição da literatura independente, se são todas as editoras e autores que tem acesso a esses espaços, dentre outras questões polêmicas. 
 
Diego Moraes é um escritor amazonense, idealizador e criador da Flipobre, primeiro encontro literário 100% virtual, realizado em 2014 e 2015. Autor dos livros: “A fotografia do meu antigo amor dançando tango” (2012) e “A solidão é um deus bêbado dando ré num trator” (2013), publicados pela Bartlebee; “Um bar fecha dentro da gente”, pela editora portuguesa Douda Correria; e o recém-lançado “Eu já fui aquele cara que comprava vinte fichas e falava ‘eu te amo’ no orelhão”, pela Corsário-satã.
 
Claudio Daniel é poeta, tradutor, ensaísta e Doutor em Literatura Portuguesa pela USP. Foi curador de Literatura e Poesia no Centro Cultural São Paulo entre 2010 e 2014; Colunista da revista CULT; Editor da Zunái, Revista de Poesia e Debates e do Blog Cantar a Pele de Lontra. Escreveu os livros de poesia Sutra (edição do autor, 1992), Yumê (Ciência do Acidente, 1999), A sombra do leopardo (Azougue Editorial, 2001, prêmio Redescoberta da Literatura Brasileira, oferecido pela revista CULT) e Figuras Metálicas (Perspectiva, coleção Signos, 2005). Edita o Blog Cantar a Pele de Lontra.

No Espaço de Leitura, 3º andar 
Literatura

Literatura Independente Feiras Literárias L

Essa atividade aconteceu em 18/01/2016 no Sesc Consolação.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo