Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Grafiterritórios ZN - Ocupação artística de muros e fachadas de bairros da Zona Norte. saiba mais

fúria criola
Como prévia da programação do Festival De|Generadas2, foram convidadas cinco artistas para a criação de dois painéis-manifestos. Pensando nas pautas feministas contemporâneas, elas trabalham juntas pelos direitos de todas mulheres e pintam os muros unidas e munidas de suas lutas. 

Criola (MG) assina seu posicionamento engajado como artista visual negra. Ao grafitar mulheres esteticamente fiéis à sua raiz africana, ela ressalta a importância da identidade da mulher negra brasileira, livre de influências estéticas da mídia e do cotidiano. Imageticamente, o cabelo crespo é um ícone identitário destacado em seu trabalho como símbolo de raiz, essência e resistência cultural.

Ju Violeta (SP) é designer de interiores e paisagista. Em 2004, inicia seu trabalho autodidata com o grafite em São Paulo. Desde então, conduz o público delicadamente até um mundo de sonhos possíves e, ainda assim, indispensáveis.

Mag Magrela (SP) inspira-se na euforia urbana de São Paulo desde 2007. Assim, transita por temas da miscigenação cultural brasileira como a fé, o profano, o ancestral, a batalha do dia-a-dia, a resistência, a busca pelo ganha-pão, o feminino. Seus personagens dispostos nos muros contrastam com a arquitetura cinza e sofrida das cidades, propondo uma pausa aos passantes que procurem refúgio para outros pensamentos.


Muro do CEI Adelaide Lopes Rodrigues, ao lado do metrô Santana


(Foto: Divulgação)  
 

saiba mais

Artes Visuais

Mulheres Em Fúria, por Criola + Ju Violeta + Mag Magrela L

Essa atividade aconteceu de 27/02/2016 a 10/07/2016
no Sesc Santana.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo