Sesc SP

Esta atividade faz parte da

De|Generadas² - Uma cartografia das possibilidades do feminino e a extrapolação dos limites de gênero saiba mais

Mulheres com ou sem seio, útero, pelos, ancas... Se o feminismo sempre lutou para que características biológicas não fossem as determinantes de uma existência em sociedade, hoje, o movimento trans traz novo colorido ao debate, pautado por experiências que nos fazem repensar o que afinal de contas é ser uma mulher.

Nessa conversa há a provocação de se reconhecer a pluralidade de contextos e vivências que colocamos sob essa categoria. Com Renata Perón, Luiza Coppieters, interveções musicais por Verônika Decide Morrer e Mediação de Luana Hansen.

Verônica Decide Morrer é uma banda cearense que tempera punk rock com performance para cantar as tristezas e alegrias que marcam a vida das travestis e transexuais.

Renata Perón é paraibana, militante e cantora de música popular brasileira.

Luiza Coppieters é filósofa  e professora.

Luana Hansen é geminiana, a filha mais velha de Dona Sonia, DJ, MC e produtora musical. Lésbica, feminista e 
ativista, vem quebrando tabus dentro do hip-hop.


Retirada de ingressos na Rede IngressoSesc a partir de 16/3/16, às 17h30.


Teatro


(Foto: Divulgação)  
Ações para a Cidadania

Vráááá L

Essa atividade aconteceu em 23/03/2016 no Sesc Santana.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo