Sesc SP

Finita - Renato Mangolin 029
Com Denise Stutz. A experimentação de um corpo que se move a serviço da imaginação e dos sentidos, impulsionado por imagens, associações e memórias. Jogos corporais estabelecem relações e ampliam a percepção do que nos rodeia: o espaço, o tempo, os outros.
O corpo: trabalho com a musculatura e articulações do corpo. A investigação de novas possibilidades de movimentação de um novo corpo. Pensar em um corpo que cria questões e sentidos a  cada movimento. O objetivo desta fase é ampliar a consciência do corpo e a partir desta consciência tentar entender e criar o sentido ao movimento no tempo e no espaço.
Improvisação: trabalho com improvisação coletiva por meio de jogos e regras estabelecidas  usando o corpo  e a palavra.  Os objetivos desta fase são: ampliar a percepção do que nos rodeia, trabalhar em coletivo e  criar dentro do coletivo uma autonomia.
O processo de criação: a partir da pesquisa e dos materiais que surgiram durante o processo de improvisação o trabalho passa a ser direcionado para a composição cênica. A composição de uma cena, a construção de um sentido e de um pensamento claro através das ferramentas trabalhadas. O objetivo desta fase é juntar todo o processo para que cada participante tente descobrir qual a questão que o move e a importância do sentido para a criação de uma cena. Teatro.

(Foto: Divulgação) 
Dança

Corpo Presente L

Essa atividade aconteceu em 30/04/2016 no Sesc Ipiranga.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo