(Foto: Renato Bolelli)
(Foto: Renato Bolelli)

A Presença Popular na Ópera

Com Ligiana Costa

Centro de Música

Vila Mariana

Duração: 360 minutos

14

atividade presencial

R$ 20,00 Credencial Plena
R$ 20,00 Meia entrada
R$ 40,00 Inteira

Local: Centro de Música - Sala 1 - 2º andar

Inscrições a partir de 12/1 (credencial plena) e 14/1 (público em geral)

Data e horário

De 08/02 a 11/02

Terça a Sexta

das 19h às 21h

(Foto: Renato Bolelli)
(Foto: Renato Bolelli)

Neste curso em 4 encontros de uma hora e meia cada, Ligiana Costa propõe uma visão voltada aos pontos da história da ópera em que se verificam presenças e convenções vindas do teatro popular e outras manifestações ditas populares. Já nas origens, a ópera é permeada pela presença de personagens provindos da Commedia dell´arte e da comédia latina. O mesmo acontece também com as chamadas convenções cênicas estabelecidas nas praças públicas graças à aprovação popular e que foram reaproveitadas pelos libretistas e compositores do gênero operístico. O curso abordará personagens, convenções dramatúrgicas, vocalidade e fontes literárias da história da ópera que potencializam os aspectos populares de um gênero erroneamente classificado como elitista. As aulas serão expositivas e contarão com exemplos em vídeo e áudio.

O curso será dividido da seguinte maneira:

1 – Os bufões. Personagens provindos das máscaras de Zanni da commedia dell´arte e suas convenções cênicas – do cômico ao trágico. Do Iro (Incoronazione di Poppea de Claudio Monteverdi) ao Rigoletto de Verdi.

2 – As servas. Personagens femininos provindos das máscaras de servas da commedia dell´arte (Franceschina, em especial). De Scarabea (da Maga Fulminata de 1638) passando por Zerlina (Le nozze di Figaro, Mozart).

3 – Vocalidade e convenções cênicas. Analise das vozes e expressões vocais de personagens provindos do teatro popular e estudo de algumas situações cênicas estabelecidas pelo teatro popular e adaptadas ao universo operístico.

4 – O elemento popular nas óperas pós românticas e o uso do universo pop em montagens e criações operísticas recentes. Nesta aula chegaremos mais perto da atualidade, mostraremos exemplos e curiosidades de como a ópera vem se aproveitando e se deixando inundar por elementos da cultura popular e da cultura pop. Montagens como o Faust, da Dutch Opera, e a recente ópera de Kaija Saariaho (Innocence) serão usadas como pontos de partida, assim como as óperas de Rufus Wainwright e as recentes experimentações feitas no Brasil (em especial Festival de Manaus, Theatro São Pedro e Palácio das Artes).

Ligiana Costa é musicóloga com doutorado em ópera barroca pelas universidades de Tours e Milão e mestrado em filologia musical pela Faculdade de Musicologia de Cremona, Concluiu um pós doutorado pela USP e publicou o resultado de sua pesquisa pela EDUSP, o livro O Corego, com ele foi vencedora do prêmio Flaiano na Itália de melhor livro de italianística de 2018. Colabora com o Theatro Municipal de São Paulo e com a rádio Cultura FM, além de ser dramaturgista do Festival Amazonas de Ópera.

Inscrições para Credencial Plena a partir de 12/1, às 14h, em inscricoes. sescsp.org.br
Para o público em geral, a partir de 14/1, às 14h

 

Pessoas com mais de 12 anos deverão apresentar comprovante de vacinação contra COVID-19, evidenciando DUAS doses ou dose única para ingressar em todas as unidades do Sesc no estado de São Paulo.

O comprovante pode ser físico (carteirinha de vacinação) ou digital e um documento com foto.

O uso da máscara é obrigatório durante toda sua permanência na Unidade.

Para atividades com ingresso, será necessário apresentar o QR Code na entrada da atividade.

Consulte antecipadamente em sescsp.org.br sobre o funcionamento do estacionamento da unidade promotora do evento.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.