Henri Ballot (fotógrafo), “Carolina Maria de Jesus no Rio de Janeiro”. O Cruzeiro, 31.12.1960.
Fotografia analógica impressa em formato digital. Coleção Henri Ballot. Acervo Instituto Moreira Salles, © O Cruzeiro/Acervo Estado de Minas Gerais.
Henri Ballot (fotógrafo), “Carolina Maria de Jesus no Rio de Janeiro”. O Cruzeiro, 31.12.1960. Fotografia analógica impressa em formato digital. Coleção Henri Ballot. Acervo Instituto Moreira Salles, © O Cruzeiro/Acervo Estado de Minas Gerais.

Carolina Maria de Jesus: Um Brasil para os brasileiros

Curadoria: Hélio Menezes e Raquel Barreto. Correalização: Instituto Moreira Salles

Rio Preto

L

atividade presencial

Grátis

Local: Área de Convivência

Datas e horários

De 12/10 a 12/03

Sábado e Domingo

12/10 a 12/3/23 - Sábados, domingos e feriados: 10h às 18h30

Terça a Sexta

12/10 a 12/3/23 - Terças a sextas: 13h às 21h30

Henri Ballot (fotógrafo), “Carolina Maria de Jesus no Rio de Janeiro”. O Cruzeiro, 31.12.1960.
Fotografia analógica impressa em formato digital. Coleção Henri Ballot. Acervo Instituto Moreira Salles, © O Cruzeiro/Acervo Estado de Minas Gerais.
Henri Ballot (fotógrafo), “Carolina Maria de Jesus no Rio de Janeiro”. O Cruzeiro, 31.12.1960. Fotografia analógica impressa em formato digital. Coleção Henri Ballot. Acervo Instituto Moreira Salles, © O Cruzeiro/Acervo Estado de Minas Gerais.

A exposição “Carolina Maria de Jesus: um Brasil para os brasileiros” é dedicada à trajetória da autora mineira que se tornou internacionalmente conhecida com a publicação de seu livro “Quarto de Despejo”, em 1960. A mostra apresenta ao público sua produção autoral, além de destacar facetas pouco conhecidas de sua criação, como as incursões como compositora e cantora. Ou seja, uma multiartista.

Protagonista importante da história do Brasil, embora invisibilizada muitas vezes, Carolina tem um papel particularmente significativo para a história da população negra brasileira. Por isso, “Carolina Maria de Jesus: um Brasil para os brasileiros” é resultado de um enorme esforço para destacar a grandeza da escritora e apresentar Carolina Maria de Jesus como convém: mulher negra e artista emancipada, símbolo de resistência e de luta política e cultural para o país.

A exposição reúne fotografias, manuscritos, vídeos, material documental e excertos de seus textos, além de um conjunto de obras de arte contemporânea que tangenciam e dialogam com vida e obra de Carolina. Um conjunto que reforça a importância de Carolina como intérprete do Brasil, imprescindível para se compreender a realidade do país.

Agendamento de grupos pelo e-mail: educativo.riopreto@sescsp.org.br.

Visitação: de 11/10/2022 (abertura)  a 12/03/2023

Correalização: Instituto Moreira Salles
Curadoria: Hélio Menezes e Raquel Barreto
Assistência de curadoria: Luciara Ribeiro
Pesquisa de literatura: Fernanda Miranda
Pesquisa de cinema e audiovisual: Bruno Galindo
Projeto Expográfico: Isabel Xavier
Projeto Gráfico: Estúdio Daó

 

 

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.