Foto: montagem
Foto: montagem

Criação de Book Trailer

com Carlos Oliveira e Madeleine Alves

Santos

Duração: 810 minutos

18

atividade online

Grátis

Local: Plataforma Zoom

Inscrições a partir do dia 12/01

Data e horário

De 20/01 a 17/03

Quinta

19h às 21:30h

Foto: montagem
Foto: montagem

CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO:
a) Ser maior de 18 (dezoito) anos;
b) Possuir experiência na área de comunicação, artes ou cultura, preferencialmente na área de criação/produção literária ou editorial, ou criação/produção audiovisual.

Desejável: Ser o autor ou o editor de uma obra escrita (publicada ou inédita), da qual deseja produzir um book trailer; ou possuir autorização do autor da obra para produção e divulgação de material audiovisual referente a mesma.

Sobre a atividade: Este curso é voltado para escritores e profissionais da área editorial ou artística, que tenham familiaridade com a área de comunicação ou audiovisual. Nele, os participantes aprenderão a criar um book trailer, um formato semelhante ao trailer de cinema, porém voltado para o conteúdo da obra literária, com o objetivo de despertar o interesse na leitura pelos leitores em potencial. Utilizando um formato audiovisual, o book trailer é uma modalidade criativa de marketing que vem sendo disseminada, sendo bastante utilizado por grandes editoras e escritores autônomos para ampliar seu público, principalmente leitores usuários das redes sociais.

CARLOS OLIVEIRA
Cineasta, videomaker e produtor cultural. No audiovisual, exerce as funções de: diretor, produtor, roteirista, fotógrafo/cinegrafista, editor, finalizador e designer gráfico. Estudou cinema e vídeo no SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e nas Oficinas Culturais do Governo do Estado de São Paulo. Iniciou a carreira no audiovisual em 1995, como fotógrafo e videomaker de eventos sociais. Na televisão, foi iluminador e operador de câmera do Canal Local Baixada 10, da Canbrás/TVA em São Vicente, e coprodutor do Programa “Show de Oportunidades” (Band Vale Litoral, 2003).Trabalhou na Phanton Filmes como roteirista, cinegrafista, editor, finalizador e coordenador de digitalização de acervos de fitas analógicas. Foi professor do curso de cinema do Centro Europeu Santos, nas disciplinas de: documentário, direção de cena e direção de atores. Dirigiu e produziu quatro curtas, entre eles: “Os Canais de Saturnino” (2010, documentário), sobre a história dos canais de Santos, e “Como é bom ser bom” (2017, docudrama), sobre o poeta Martins Fontes. Em geral, seus trabalhos têm temas ligados à História, memória, patrimônio e meio ambiente. Atualmente, desenvolve projetos de videodança. Como produtor cultural, realizou: lançamentos de filmes, mostra de filmes, exposição de artes visuais, sarau literomusical e performances cênicas.

MADELEINE ALVES
Produtora cultural e realizadora audiovisual. Formada em Letras – Português/Inglês na Universidade Católica de Santos, com habilitação em Artes Visuais, oferecida pelo DEFORPEC – Secretaria Municipal de Cultura de Santos e Extensão em Cerâmica pela UNISANTA. Em produção audiovisual, já desempenhou as mais diversas funções em curtas-metragens e videoclipes: produtora, continuísta, fotógrafa still, assistente de direção de arte, diretora de arte e roteirista. Com Carlos Oliveira, ministrou oficina de roteiro cinematográfico, junto ao grupo Contra Mão de Cinema, em 2009. De 2012 a 2014, ocupou a cadeira de Conselheira do Segmento Audiovisual no Conselho Municipal de Políticas Culturais de São Vicente. Como realizadora, dirigiu os curtas, em destaque: “Sem Título Técnica Mista” (2016), sobre o artista plástico Elver Savietto, e “Pescadores de Palavras” (2018), sobre a literatura independente na Baixada Santista. Fez produção de arte de cena integrante do sarau “Homenagem a Martins Fontes” (2018), produzido por Carlos Oliveira, no SESC Santos. Em 2019, iniciou a produção de book trailers para escritores da baixada. Também atua ativamente no meio literário e é autora do blog Signos Possíveis.

O que preciso saber antes de comprar um Ingresso:

Pessoas com mais de 12 anos deverão apresentar comprovante de vacinação contra COVID-19, evidenciando DUAS doses ou dose única para ingressar em todas as unidades do Sesc no estado de São Paulo.

O comprovante pode ser físico (carteirinha de vacinação) ou digital e um documento com foto.

O uso da máscara é obrigatório durante toda sua permanência na Unidade.

Para atividades com ingresso, será necessário apresentar o QR Code na entrada da atividade.

Consulte antecipadamente em sescsp.org.br sobre o funcionamento do estacionamento da unidade promotora do evento.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.