Foto: Foto Nativa
Foto: Foto Nativa

Cultivar nossa floresta – Orquídeas da Mata Atlântica

Núcleo de Estudos da Floresta

Reserva Natural Sesc Bertioga

Bertioga

14

atividade presencial

Grátis

Local: Reserva Natural Sesc Bertioga - Espaço Guanandi

Grátis. Vagas limitadas.

Data e horário

De 14/01 a 11/02

Sábado

Dias 14, 21 e 28/1, das 15h às 16h. Dia 4/2, das 9h às 12h. Dia 11/2, das 8h às 13h.

Foto: Foto Nativa
Foto: Foto Nativa

As orquídeas recebem o título de plantas complicadas de cultivar e são geralmente conhecidas apenas por suas belas flores. Mas essas plantas participam de um emaranhado de relações que garantem a existência da floresta e, consequentemente, colaboram na nossa qualidade de vida.  
 
Nesse curso, o público presente aprenderá mais sobre o cultivo, a diversidade e a história das orquídeas da floresta em que vivemos – a Mata Atlântica! Faremos um movimento de valorização da nossa mata, usando as orquídeas como símbolo desse ambiente.  Trataremos de assuntos como as interações ecológicas das orquídeas, suas belas flores e como elas auxiliam na promoção de bem-estar e geração de renda. Também aprenderemos dicas e estratégias para aprimorar o cultivo das orquídeas no nosso dia-a-dia!  

 

PROGRAMA DO CURSO

14/1 (sábado), das 15h às 17h

Introdução às orquídeas e seus modos de vida
Com Luís Felipe Natálio, do Sesc Bertioga.

Quem são as orquídeas? Como identificá-las? De onde elas vem? Como elas vivem? Vamos conversar sobre as principais características das orquídeas e seus modos de vida. Conhecer os tipos de orquídeas e aquilo que elas gostam e não gostam nos ajudará a ter mais sucesso no cultivo dessas plantas.  

21/1 (sábado), das 15h às 17h

Conservação de orquídeas da Mata Atlântica
Com MsC. Luciano Zandoná, do Zandoná Conservação e Fundação Florestal.

A Mata Atlântica é extremamente rica em biodiversidade de fauna, funga e flora. Dentre as plantas, estão as orquídeas, que muitas vezes são ameaçadas pela destruição de habitat e pela coleta ilegal. Nesse encontro, vamos entender sobre a diversidade, interações e hábitos das orquídeas na Mata Atlântica. Vamos debater sobre como essas plantas são protegidas e como elas podem ser cultivadas por meio de uma conversa com especialista e uma atividade prática.  

28/1 (sábado), das 15h às 17h

Orquídeas além das flores: as orquídeas-baunilha nativas
Com Dr. Delphin Jamme e Robson Araújo, da Fava Verde – Baunilheiros do Brasil.

Nem só de flores vivem as orquídeas! Além de suas belas floradas e importância ecológica, as orquídeas também podem nos oferecer outros tipos de produtos. Você sabia que a baunilha, ingrediente muito usado na gastronomia, vem de uma orquídea? E que a maior parte da baunilhas que usamos vem de fora do Brasil, mesmo havendo baunilhas nativas? Nessa oficina vamos entender os usos das orquídeas para além da decoração e vamos conhecer todo o potencial das baunilhas nativas do Brasil, com foco na orquídea baunilha da Mata Atlântica

4/2 (sábado), das 10h às 12h

Dicas práticas de cultivo de orquídeas
Com o orquidófilo Masuji Kayasima, do Paraíso das Micro-orquídeas.  

Muita gente acha que orquídea é planta difícil de cuidar. Mas não é bem assim! Conhecendo algumas dicas especiais e peculiaridades de cada tipo de orquídea fica mais fácil saber onde plantar, onde deixar o vaso, quando regar, como adubar. Tudo isso torna o cultivo mais fácil e gostoso, e aumenta as chances de nossas plantas se manterem felizes e bonitas. Nesse encontro aprenderemos dicas práticas para o cultivo das orquídeas para desmistificar essa história de que a plantinha é complicada de lidar.  

11/2 (sábado), das 8h às 13h

Visita à uma coleção de orquídeas, no Paraíso das Micro-orquídeas
Com o orquidófilo Masuji Kayasima.

Conhecer os espaços onde as orquídeas são cultivadas com sucesso pode nos ajudar a entender as técnicas e as estratégias para cuidar melhor dessas plantas. Além disso, nesses encontros sempre temos a oportunidade de receber conselhos e orientações. Como continuidade do encontro anterior, vamos visitar o Paraíso das Micro Orquídeas, em Mogi das Cruzes, onde conheceremos o espaço de cultivo de orquídeas e a gigantesca coleção do orquidófilo Masuji Kayasima, aprofundando nosso conhecimento e consolidando os aprendizados e habilidades desenvolvidas ao longo do curso. 

Inscrições: presenciais no dia 7/1, sábado, na Central de Atendimento, com retirada de senha para o sorteio às 15h. A inscrição refere-se as cinco aulas e a presença na primeira aula é a garantia de permanência no curso. A visita de 11/2 está condicionada a presença nas outras aulas do curso. Vagas Limitadas.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.