E LÁ FORA O SILÊNCIO © Renato Mangolin 106
E LÁ FORA O SILÊNCIO © Renato Mangolin 106

E Lá Fora o Silêncio

Com Laboratório de Técnica Dramática (LABTD)

Pinheiros

Duração: 70 minutos

12

atividade presencial

Local: Auditório (3º andar)

Venda nas bilheterias a partir de 14/09, às 17h

E LÁ FORA O SILÊNCIO © Renato Mangolin 106
E LÁ FORA O SILÊNCIO © Renato Mangolin 106

Crístofer precisa se mudar de casa e encontra cartas que tinha enviado de dentro da prisão para sua irmã, na época em que esteve encarcerado. Cartas antigas, do tempo do chumbo, que ele lê uma a uma, e que ganham vida em cena ao narrar a vida de presas políticas com quem convivia no presídio. Em cada carta, uma parte da história de alguém, até que os fragmentos começam a se embaralhar e criam uma confusão entre tempos. A peça tem a forma de uma apresentação de rodada de negócios onde Crístofer e seu sobrinho tentam vender uma série audiovisual a potenciais financiadores do projeto.

Sobre LABTD

O Laboratório de Técnica Dramática (LABTD) é um grupo de teatro da cidade de São Paulo que existe desde 2015. Atualmente, seus integrantes são a dramaturga Ave Terrena, o ator Diego Chilio e o diretor Diego Moschkovich, com produção de Iza Marie Miceli.

Valorizando a pesquisa contínua e a encenação de textos autorais, já encenaram “as 3 uiaras de SP city”, premiada na IV Mostra de Dramaturgia do CCSP, que investiga as violações de direitos humanos da população trans e travestis nas operações de extermínio da década de 1980; e “O corpo que o rio levou”, contemplada pelo 4º Prêmio Zé Renato, inspirado em documentos da Comissão Nacional da Verdade (CNV).

As peças já circularam em teatros, ocupações de luta por terra e moradia, bibliotecas municipais e instituições de acolhimento à população LGBT.

O grupo também participou da Feira Paulista de Opinião, organizada em comemoração aos 50 anos da 1a Feira Paulista de Opinião, com o texto “A grande exposição”.

A cada trabalho, o núcleo do grupo cria parcerias com artistas convidadas, fincando o pé nos processos colaborativos e ampliando suas metodologias de pesquisa e as intersecções poéticas e política dentro e fora da sala de ensaio.

FICHA TÉCNICA:

Idealização: Laboratório de Técnica Dramática [LABTD] | Ave Terrena | Diego Chilio | Diego Moschkovich

Texto: Ave Terrena

Direção: Diego Moschkovich

Atuação: Ana Maria Ramos Estevão, Criméia de Almeida, Diego Chilio, Dulce Muniz, Jessica Marcele e Leo Moreira Sá

Músicos em cena: Felipe Pagliato e Gabriel Barbosa

Iluminação e cenário: Wagner Antônio

Figurino: Diogo Costa

Criação em Vídeo e Projeção Mapeada: Amanda Amaral

Design visual: Rafael Cristiano

Crítica em processo: Paloma Franca Amorim

Assistente de Direção: Rodolpho Corrêa

Operação de luz: Felipe Fly

Operação de vídeo e Projeção: GIVVA

Assessoria de imprensa e mídias sociais: Canal Aberto

Observadores-documentadores: Carla Miyasaka, Felipe Fly, Raiane Souza, Rodolpho Corrêa, Oru Florido

Estagiária: Thainá Teixeira

Intervenção Núcleo Trans: GIVVA, Leo Moreira Sá, Rodolpho Corrêa, Oru Florido, Felipe Fly, Ave Terrena

Produção Executiva: Lucas Leite

Direção de Produção: Iza Marie Miceli

Entrevistas de História Oral de Vida: Amelinha Telles, Ana Maria Ramos, Cida Costa, Crimeia Almeida, Guiomar Lopes e Leo Moreira Sá, além dos diálogos com a pesquisadora Maria Claudia Badan Ribeiro.

Este projeto foi contemplado pela 14ª Edição do Prêmio Zé Renato de Teatro para a Cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura

 

 

 

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.