Foto: Rebeca Figueiredo
Foto: Rebeca Figueiredo

Eu sou o samba: confecção de estandartes

com Wanessa Yano e Carina Bessa

Margens de 22: Presenças Populares

Carmo

Duração: 90 minutos

L

atividade presencial

Grátis

Local: Área de Convivência - 1° Andar

Retirada de senhas com 30 minutos de antecedência, na Central de Atendimento do Sesc Carmo.

Data e horário

De 06/02 a 06/02

Segunda

Segunda, às 14h30

Foto: Rebeca Figueiredo
Foto: Rebeca Figueiredo

O carnaval ganhou o posto de cultura de grande representação da identidade cultural brasileira, mas não sem antes enfrentar diversos preconceitos, praticados contra os povos negros brasileiros e suas culturas, herança da Africanidade que aqui aportou desde o sequestro dos povos africanos para estas terras.

Aqui também aportaram as noções estéticas e éticas desses povos.

O carnaval, como espaço de produção estética, de guarda de memória ancestral e de resistência do povo negro aparece na exposição “Margens de 22: presenças populares” como movimento moderno que não coube no circuito legitimado das artes durante 22.

Convidamos o público para experimentar a produção de diversos elementos importantes para o carnaval em diferentes oficinas, começando pela produção de estandartes.

Esta oficina parte da leitura dos estandartes que estão na exposição e das história das escolas de samba e blocos do carnaval paulista ali presentes para criar os próprios estandartes com o público!

Retirada de senhas com 30 minutos de antecedência, na Central de Atendimento do Sesc Carmo.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.