foto: Andrey Guaianá Zignnatto
foto: Andrey Guaianá Zignnatto

Fevo – O Corpo que habito você não mora mais

com Coletivo À Margem de Dança

Jundiaí

Duração: 30 minutos

14

atividade presencial

Local: Teatro

Venda limitada a 4 ingressos por pessoa. Venda presencial a partir de 14h em 19/1

foto: Andrey Guaianá Zignnatto
foto: Andrey Guaianá Zignnatto

FEVO é um espetáculo de dança do À MARGEM Coletivo de Dança, criado a partir dos depoimentos de algumas dentre milhares de mulheres que sofrem agressões domésticas, e do dado alarmante do crescimento destes casos de durante o período da pandemia do Covid-19. No espetáculo a figura a casa é usada para intensificar o quanto esse ser feminino se sente humilhada, invadida e desestruturada nesta situação que acontece justo onde deveria ser  lugar de proteção, bem como o CORPO-CASA que se vê invadido e agredido na maioria das vezes por quem deveria amar e proteger esse corpo.

O À Margem Coletivo de Artes foi criado em 2005 pela atriz e bailarina Ellen Navarro e o artista plástico Andrey Guaianá Zignnatto, com o objetivo de desenvolver oficinas de arte em apoio à projetos e  instituições que trabalham com pessoas que vivem em situação de alta vulnerabilidade social. Desde sua criação o coletivo já atuou na Síria, Líbano, Angola, Cuba e no Brasil com destaque para projetos com refugiados de guerra, famílias que vivem na região conhecida como Cracolândia em São Paulo, e centros de detenção do sistema prisional do Estado de São Paulo.

A partir destas experiências o coletivo começou um processo de desenvolvimento de ações artísticas, resultando em performances, vídeo arte e espetáculos de dança contemporânea.

Principais realizações: espetáculo TRANSITÓRIOS, Festival Dança à Deriva, Cidade da Dança, São Paulo, 2015; exposição De Todas, Uma Mesma Terra, Pinacoteca de Jundiaí – prêmio PROAC de artes visuais, 2019; exposição PEQUENOS VESTÍGIOS DE MELANCOLIA, Fundação Nacional das Artes FUNARTE SP, 2019; espetáculo FEVO, prêmio Aldir Blanc, Secretaria de Cultura do Governo Federal, 2020; espetáculo [FÉ]MENINA, prêmio PROESC de dança, , 2021;  espetáculo FEVO, prêmio PROAC de dança, Secretaria de Cultura e Economia Criativa, 2021; espetáculo [FÉ]MENINA prêmio PROAC de dança, Secretaria de Cultura e Economia Criativa, 2021; exposição NÚCLEO, Janaina Torres Galeria de Arte, São Paulo, 2021; Dance Que é Melhor – Circuito SESC de Artes – Praças Digitais, 2021.

A pesquisa surgiu a partir de experiências do coletivo em projetos sociais que apoiam mulheres em situação de vulnerabilidade, como também de um dado estatístico que indicava o crescimento exponencial da violência contra a mulher durante o período de isolamento social devido a pandemia do Covid-19. Essas mulheres ficaram mais vulneráveis a opressão masculina, em sua maioria oriunda do próprio companheiro.Esses números alarmantes nos despertou para a importância de falar sobre feminicídio, sobre violência contra a mulher, de como essas mulheres se sentem sozinhas nesta situação, e como poder ajudar, ajudar umas as outras, e apoiar esse levante da mulher agredida e dar respaldo para que ela possa dizer basta. A mulher que muitas vezes é a “casa” que gera, a que é fecundada, pode e deve, gerar sua coragem, autonomia e liberdade. Transpor essa agonia para o corpo feminino das bailarinas, é transmitir também empatia, sororidade e reflexão para o espectador, e gerar no público um incômodo coletivo diante de tamanha violência e opressão. FEVO é um despertar poético para a dor dessas mães, mulheres, cidadãs invisibilazadas e ignoradas por uma sociedade ainda machista em sua estrutura.

O que preciso saber antes de comprar um Ingresso:

Pessoas com mais de 12 anos deverão apresentar comprovante de vacinação contra COVID-19, evidenciando DUAS doses ou dose única para ingressar em todas as unidades do Sesc no estado de São Paulo.

O comprovante pode ser físico (carteirinha de vacinação) ou digital e um documento com foto.

O uso da máscara é obrigatório durante toda sua permanência na Unidade.

Para atividades com ingresso, será necessário apresentar o QR Code na entrada da atividade.

Consulte antecipadamente em sescsp.org.br sobre o funcionamento do estacionamento da unidade promotora do evento.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.