Foto: Renato Mangolin
Foto: Renato Mangolin

Guerra em Iperoig

mundana companhia

Belenzinho

Duração: 60 minutos

14

atividade presencial

Local: Sala de Espetáculos I

Venda presencial a partir do dia 17/8 às 17h

Foto: Renato Mangolin
Foto: Renato Mangolin

“Guerra em Iperoig” parte de uma pesquisa sobre a Confederação dos Tamoios e faz uma reflexão sobre como a guerra travada entre os portugueses e os tupinambás em meados do século XVI na região de Iperoig, hoje Ubatuba (SP), se reflete nas relações de exploração dos povos indígenas até hoje. São olhares sobre um fato histórico que inspira uma interpretação sintética do Brasil através desses cinco séculos.

No roteiro, cenas da mitologia tupinambá, textos e imagens de cinema criadas sob o ponto de vista dos colonizadores e textos com visão dos colonizados se justapõem e é encerrado com uma revolta estética de artistas indígenas contemporâneos.

 

Ficha técnica:

Roteiro: Aury Porto, Cristian Duarte, Joana Porto, Roberta Schioppa, Rogério Pinto e Zahy Guajajara
Textos: André Sant’Anna
Direção: Aury Porto, Cristian Duarte, Joana Porto e Rogério Pinto
Elenco: Aury Porto, Erika Puga, Mariano Mattos Martins, Zahy Guajajara e Ziel Karapotó
Direção de movimento: Cristian Duarte
Direção Vocal Interpretativa: Lucia Gayotto
Direção Musical: Gui Calzavara
Sonoplastia e operação de som: Ivan Garro
Cenografia: Rogério Pinto
Figurinos: Joana Porto e Rogério Pinto
Assistente de direção de arte: Beatriz Coelho
Luz: Wagner Antônio
Operação de luz: Felipe Tchaça e Sibila
Vídeos e programação de video mapping: Bruna Lessa
Operação de vídeo e Contrarregragem: Rafael Matede
Colaboração Conceitual: Renato Sztutman e Stelio Marras
Coordenação de projeto: Aury Porto
Direção de Produção: Carla Estefan – Metro Gestão Cultural
Produção Executiva: Bia Fonseca
Fotos: Renato Mangolin e Alessandra Nohvais
Projeto Gráfico: Mariano Mattos Martins
Manutenção website e redes: Yghor Boy

 

Audiovisual:

Filmagens Figura da Guerra: Cacá Bernardes

Guerra em Iperoig contém trechos de:
A QUEDA DO CÉU -PALAVRAS DE UM XAMÃ YANOMAMI
Davi Kopenawa e Bruce Albert. Companhia das Letras 2015.

JUNK-BOX- UMA TRAGICOMÉDIA DOS TRISTES TRÓPICOS
Sérgio Sant’Anna. Edições Du Bolso.1980.

Guerra en Iperoig contém cenas dos filmes:
O DESCOBRIMENTO DO BRASIL (1937) e OS BANDEIRANTES (1940)
direção de Humberto Mauro
DIREITOS/CESSÃO CTAv/SAv/SeCult/ Ministério do Turismo

Participações:
Anderson Kary Baya, Gui Calzavara, Igor Pedroso, Lian Gaia, Mariana Ximenes e
Raquel Kubeo

 

As cenas da FIGURA DA GUERRA, interpretada por Mariana Ximenes, foram realizadas no heliponto do edifício da FIESP. Agradecimentos a FIESP e toda sua equipe técnica e de segurança.

 

 

 

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.