Foto: Douglas Santiago
Foto: Douglas Santiago

Livrar-se: a jornada do escritor

Com Lubi Prates, poeta, editora, tradutora e curadora de literatura

Florêncio de Abreu

Duração: 120 minutos

14

atividade online

Grátis

Zoom

Vagas limitadas. Inscrições a partir de 1/8, às 14h

Data e horário

De 08/08 a 05/09

Segunda

Das 15h às 17h

Foto: Douglas Santiago
Foto: Douglas Santiago

A internet revolucionou o meio literário. Há 22 anos, no Brasil, era impensável alguma forma de publicação além do famoso livro, com alguma editora que se interessasse em investir no trabalho de escritor.

Hoje, temos diversas formas de publicação, incluindo a possibilidade de se autopublicar, em zines e e-books, por exemplo. O autor depende menos de editores e editoras. Então, em contrapartida, ficam algumas perguntinhas em suas mentes: como se lançar nesse mar de possibilidades surgidas pós-anos 2000? Quais as melhores ferramentas para chegar até o público de seus escritos?

Livrar-se: a jornada do escritor propõe uma discussão sobre os escritores que somos e, a partir dessas respostas, ações dentro dos meios mais interessantes de se livrar (carinhosamente) da produção literária: livros, e-books, zines, revistas literárias, blogs e sites pessoais, redes sociais, entre otras cositas.

Com Lubi Prates, poeta, tradutora, editora e curadora de Literatura. Tem quatro livros publicados (coração na boca, 2012; triz, 2016; um corpo negro, 2018; até aqui, 2021). “um corpo negro” foi contemplado pelo PROAC com bolsa de criação e publicação de poesia e, além de ter sido finalista do 4º Prêmio Rio de Literatura e do 61º Prêmio Jabuti, também foi traduzido e publicado na Argentina, Colômbia, Croácia, Estados Unidos e França; com publicação na Espanha, Itália e Suíça, no prelo. Tem diversas publicações em antologias e revistas nacionais e internacionais. Co-organizou os festivais literários para visibilidade de poetas, [eu sou poeta] (São Paulo, 2016) e Otro modo de ser (Barcelona, 2018) e também participou de outros festivais literários no Brasil, em outros países da América Latina e da Europa. É sócia-fundadora e editora da nosotros, editorial e da nossa editora. Traduziu Poesia Completa, da Maya Angelou, e Zami: uma biomitografia, da Audre Lorde. Dedica-se à ações que combatem a invisibilidade de mulheres e negros.

Curso online via Zoom com 5 encontros.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.