Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Ciclo dos Elementos e das Emoções

Com Jaime Kuk

Conecte-se

Avenida Paulista

Duração: 90 minutos

12

atividade presencial

Grátis

Local: Praça (Térreo)

Acesso livre, sujeito à lotação do espaço.

Data e horário

De 04/12 a 04/12

Domingo

Das 16h30 às 18h

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Palestra e prática sobre a complexa conexão entre o ciclo dos cinco elementos e o ciclo das emoções por meio de movimentos terapêuticos que buscam a harmonia e o equilíbrio do ser.

O universo é regido por ciclos, percebidos por nós na rotina diária, nas fases da Lua ou nas estações do ano. Mas há muitos ciclos dos quais não nos damos conta com facilidade, pois são muito longos para a nossa percepção, como os ciclos de aquecimento e resfriamento do planeta, ou muito curtos, como o ciclo de vida de uma célula da pele. Mas os ciclos não são apenas relacionados à nossa percepção do tempo.
As nossas articulações se movem de maneira espiralada, o nosso planeta se move em espiral pelo espaço cósmico, as plantas crescem em espiral. Os nossos ossos têm formato espiralado ou arredondado, o nosso DNA é espiralado. Uma flecha, um avião ou um foguete se deslocam em curvas ou espirais. E nossas emoções básicas também.

As emoções, na visão da Medicina Tradicional Chinesa, são movimentos de nossa energia, o Qi, que ocorrem o tempo todo em ciclos, descritos no conceito dos Cinco Elementos (ou, mais adequadamente, os Cinco Movimentos): Madeira, o impulso inicial do movimento do Qi (mais perceptível quando sentimos raiva); o Fogo, quando o Qi expande (bem perceptível quando sentimos a alegria); Terra, quando o Qi estabiliza ou estagna (preocupação); Metal, quando o Qi vai se recolhendo e condensando (tristeza); e Água, quando o Qi desce e se esconde (medo).

Esses movimentos emocionais se estimulam entre si e se auto regulam, ou seja, estão conectados entre si de maneira complexa e, quando estão em harmonia, a sensação é de bem estar dinâmico. Através de práticas corporais terapêuticas, podemos harmonizar esses movimentos, e como consequência, harmonizar as emoções.

Acesso livre, sujeito à lotação do espaço.

Jaime Kuk é professor de Práticas Corporais Terapêuticas da Medicina Tradicional Chinesa. Ministra cursos de formação em técnicas de Qi Gong, como o Lian Gong em 18 Terapias, Qi Gong Renovado para a Saúde, Tai Chi Chuan, para entidades públicas e privadas.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.