André Vianco e Cristhiano Aguiar (foto: Renato Parada) participam de bate-papo com mediação de A.T. Sergio
André Vianco e Cristhiano Aguiar (foto: Renato Parada) participam de bate-papo com mediação de A.T. Sergio

O terror também como crítica social

com André Vianco e Cristhiano Aguiar. Mediação: A.T. Sergio

Tocando o Terror

Santo Amaro

Duração: 90 minutos

L

atividade presencial

Grátis

Local: Convivência

Data e horário

De 14/08 a 14/08

14/08 • Domingo • 14h00
André Vianco e Cristhiano Aguiar (foto: Renato Parada) participam de bate-papo com mediação de A.T. Sergio
André Vianco e Cristhiano Aguiar (foto: Renato Parada) participam de bate-papo com mediação de A.T. Sergio

Escritores do terror nacional conversam sobre as metáforas e alegorias existentes em suas obras literárias, que, muitas vezes, abordam questões sociais mais profundas como racismo e preconceitos em geral.

Conheça os participantes:

André Vianco é escritor, roteirista, dramaturgo e diretor, e um dos mais renomados autores da ficção fantástica nacional. Criador de uma elogiada obra que inclui títulos de terror, suspense, sobrenatural e fantasia, já ultrapassou a marca de 1 milhão de exemplares vendidos. Mora em Osasco, cujas ruas ele preenche com constante contato com o sombrio.

Cristhiano Aguiar é escritor, crítico literário e professor. É mestre em Teoria da Literatura pela Universidade Federal de Pernambuco, doutor em Letras pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e atuou como pesquisador visitante na Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos. Seu último lançamento, O Gótico Nordestino, traz o horror 100% nos seus contos.

A. T. Sergio é pernambucano, escritor de terror, suspense e policial, publicado de forma independente e por editoras nacionais. Participante de mais de 35 antologias, autor Hardcover, plataforma de aperfeiçoamento da escrita desenvolvida pela Vivendo de Inventar, e membro e diretor da ABERST, teve seu livro “Eles” como finalista do prêmio Odisseia de Literatura Fantástica, edição 2020. Colunista de portais literários e jornais, onde publica textos sobre escrita e universo geek, é membro da curadoria do Prêmio ABERST de literatura.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.