Imagem: Freepik
Imagem: Freepik

Os desafios para a reconstrução da agenda ambiental no Brasil

Com Amanda Costa (jovem embaixadora da ONU e criadora do PerifaSustentável), Liuca Yonaha (vice-presidente do Instituto Talanoa) e Renata Crivoi (Agente de Educação Ambiental do Sesc Guarulhos)

Guarulhos

16

atividade presencial

Grátis

Local: Sala 4

Data e horário

De 15/02 a 15/02

Quarta

19h às 21h

Imagem: Freepik
Imagem: Freepik

O Brasil passa por um momento delicado em relação às políticas e a agenda socioambiental: o desmatamento atingiu níveis recordes, a emissão de gases de efeito estufa segue uma tendência de aumento, a biodiversidade está ameaçada. Vamos conversar com especialistas para entender os desafios que o Brasil enfrentará para reconstruir a agenda ambiental e retomar uma posição de liderança frente às questões socioambientais. Amanda Costa é criadora do projeto Perifa Sustentável e Embaixadora da Juventude da ONU. Liuca Yonaha é vice-presidente do Instituto Talanoa, instituto dedicado à política climática. Renata Crivoi é biológa, especialista em educação para a sustentabilidade e agente de educação ambiental do Sesc Guarulhos.

Há muitos desafios a serem transpostos nos próximos anos. As políticas urgentes e necessárias de combate à fome, de desenvolvimento econômico, de geração de emprego e renda, e a elaboração de programas sociais devem estar aliadas a uma perspectiva de preservação ambiental, contenção do desmatamento na Amazônia, proteção dos biomas, respeito aos povos indígenas e comunidades tradicionais.

Amanda Costa
Bacharel em Relações internacionais. Aos 24 anos, foi coordenadora dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), na ONG Engajamundo, representou os jovens em conferências internacionais, é mobilizadora do Youth Climate Leaders (YLC), criou o projeto Perifa Sustentável para discutir os ODSs nas comunidades periféricas de São Paulo. Desde agosto de 2020, é Embaixadora da Juventude da ONU – como jovem embaixadora da ONU, tem desbravado alguns desafios de mobilização e de movimentação interseccional dos ensejos que abrangem sustentabilidade, antirracismo e ecofeminismo.

Liuca Yonaha
Jornalista e vice-presidente do think tank Instituto Talanoa, dedicado às políticas de mudança do clima no Brasil. Talanoa é uma organização apartidária, independente e sem fins lucrativos que busca ajudar o Brasil a ter políticas públicas que impactem positivamente as pessoas e o planeta. É uma think tank dedicada à política climática, com sede no Rio de Janeiro. Sua equipe multidisciplinar trabalha desde 2019, por meio da combinação de dados, ciência e diálogo, para responder à emergência climática com ideias e tecnologias do nosso tempo.

Renata Crivoi
Bióloga, especialista em educação ambiental e Agente de Educação Ambiental do Sesc Guarulhos. Foi consultora de educação ambiental para resíduos sólidos no Ministério do Meio Ambiente, gerente regional no Programa Ambientes Verdes e Saudáveis, no SUS/Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, e diretora da Divisão de Formação em Educação Ambiental da UMAPAZ – Departamento de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente. Colaborou com importantes projetos de desenvolvimento urbano sustentável como Plataforma Cidades Sustentáveis e SP2022 – Ideias, Diretrizes, Indicadores e Metas para os próximos 10 anos da Cidade. Foi pesquisadora de conteúdo da publicação Manual Pedagógico Entender para Intervir: por uma educação para o consumo responsável e o comércio justo, do Instituto Kairós e MMA.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.