Foto: Jonathan Estrella
Foto: Jonathan Estrella

Palavra sem medo – Uma leitura da compreensão 

Com Elisa Lucinda

FIL - Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto

Ribeirão Preto

14

atividade presencial

Grátis

Local: Auditório | 200 lugares

Retirada de ingressos com 1h de antecedência

Data e horário

De 26/08 a 26/08

26/08 • Sexta • 20h00
Foto: Jonathan Estrella
Foto: Jonathan Estrella

A “Palavra sem medo” pretende estimular com prazer o amor pela palavra escrita, dita, pelo enredo que ela traz e seu poder de encantamento, para ser o motivo da reunião social. Assim como nos cultos se lê a bíblia, podemos ler poemas, contos, crônicas, diários em festas, nas escolas, nas palestras, nos saraus, nos congressos.

Ler um texto de improviso em voz alta é um ótimo exercício de compreensão e é preciso que, para isso, não tenhamos medo da palavra. Afinal nós a criamos. E, uma vez que somos seus criadores, podemos reinventá-la, neologizá-la, transformá-la em nossa aliada pois, se somos filhos da língua, somos filhos da palavra e com ela criamos relações, afetos, amores, negócios. Muitas vezes seu significado tão oculto e tão inalcançável é utilizado para nos intimidar, como acontece com textos jurídicos, médicos, científicos que nos assustam antes de compreendermos que nos protegem. A palavra com medo não sai, treme, dá insegurança, fragiliza, desorganiza, deixa sequelas como gagueira e até mudez. Nessa palestra-show, apresento a nossa responsabilidade em tornar a interpretação de textos e a leitura na sala de aula, principalmente, numa atividade cotidiana e prazerosa, pois nela treinaremos nossa leitura da realidade.

Elisa Lucinda é poeta, atriz, cantora, jornalista e professora. Tem publicados 19 livros, entre outros, os livros de poesia, Eu te amo e suas estreias, A fúria da beleza e O semelhante, além do romance Fernando Pessoa, o cavaleiro de nada, finalista do prêmio São Paulo de Literatura em 2015. É também autora de livros infantis e responsável por projetos que popularizam a poesia entre todas as idades. Ganhadora do Prêmio Especial do Júri do Festival de Cinema de Gramado, pelo conjunto da obra, no ano de 2020. Em 2021, a atriz e escritora tomou posse na Academia Brasileira de Cultura, ocupando a cadeira de Olavo Bilac, figurando entre nomes como Zeca Pagodinho, Elza Soares, Christiane Torloni, Ana Botafogo, Carlinhos de Jesus, entre outros.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.