Revistaria
Revistaria

Translit

Com Joca Reiners Terron

Revistaria

Ipiranga

Duração: 120 minutos

L

atividade presencial

Grátis

Local: Teatro

Data e horário

De 30/11 a 30/11

Quarta

Dia 30/11, das 19h às 21h

Revistaria
Revistaria

Uma Jam de poesia traduzida ao vivo com música e projeções dos textos em progresso. Duas sessões com dois ou três poetas-tradutores em duelo, ao vivo, fazendo a tradução às cegas de um poema – os originais são conhecidos só na hora. Quando terminam as traduções, os poetas leem os resultados e, na sequência, acontece um breve debate, mediado por Joca Reiners Terron, sobre a arte da tradução, dificuldades, soluções etc. Ao final do debate, os poemas traduzidos serão performados pelos poetas com improvisação musical ao vivo.

Poetas convidados:
Inglês: Bruna Beber versus Ismar Tirelli Neto versus Floresta
Espanhol: Fabrício Corsaletti versus Marília Garcia
Francês: Alexandre Barbosa de Souza versus Leda Cartum
Encerramento: Alice Ruiz
Músicos: Fernando Cappi, Guilherme Granado e Mario Cappi

Bruna Beber nasceu em 1984, em Duque de Caxias (RJ), e vive em São Paulo. É poeta, tradutora e mestre em Teoria e História Literária pela Unicamp. É autora de alguns livros de poesia, entre eles Rua da Padaria (Record, 2013) e Ladainha (2017, Record).

Ismar Tirelli Neto (1985) é poeta, ficcionista, tradutor e roteirista cinematográfico. Em 2019, foi semifinalista do Prêmio Jabuti com o livro Os Postais Catastróficos (7Letras). Pela 34, publicou recentemente sua tradução de Autobiografia do Vermelho, de Anne Carson. Seu penúltimo livro, Alguns dias violentos, é semifinalista do Prêmio Oceanos deste ano. Atualmente reside em São Paulo e ministra oficinas de escrita criativa.

Floresta é nascido em São Paulo em 1988 e criado por alagoanas, escreve, traduz, edita e mandinga. Pesquisa narrativas e poéticas macumbeiras, literaturas insurgentes e performances tradutórias. É autor dos livros poemas crus (Patuá, 2016), genealogia (Móri zines, 2019) e panaceia (Urutau, 2020 – menção honrosa do 2o prêmio mix literário), além de Rio Pequeno (Círculo de Poemas/Luna Parque/Fósforo, 2022).

Fabrício Corsaletti nasceu em Santo Anastácio, SP, em 1978, e desde 1997 vive na capital paulista, onde se graduou em Letras pela USP. Publicou quase vinte livros, entre eles King Kong e cervejas (contos, 2008), Golpe de ar (novela, 2009), Esquimó (poesia, 2010, prêmio Bravo! de Literatura), Perambule (crônicas, 2018), Pão na chapa (poesia infantil, 2022) e Engenheiro fantasma (poesia, 2022).

Marília Garcia nasceu no Rio de Janeiro (1979). É poeta e tradutora, autora, entre outros, de 20 poemas para o seu walkman (Cosac Naify, 2007), Câmera lenta (Companhia das letras, 2017), pelo qual ganhou o Prêmio Oceanos, e Parque das ruínas (Luna Parque, 2018).

Alexandre Barbosa de Souza nasceu em São Paulo em 1972, autor de Livro geral (Companhia das Letras, 2013), Doze carimbos (Quelônio, 2015), Vinagre (Laranja Original, 2018), entre outros. Foi editor nas editoras 34, Cosac Naify, Hedra e Biblioteca Azul. Traduziu O caminho do tarot, de Alejandro Jodorowsky (Veneta, 2016), Poemas, de Robert Desnos (Elefante/Loplop, 2019), A morte difícil, de René Crevel (100cabeças, 2021), A religião do capital, de Paul Lafargue (100cabeças, 2022), Sombra e pergunta, de Guy Girard (100cabeças, 2022), Antologia de mitos, lendas e contos populares da América, de Benjamin Péret (100cabeças, no prelo), entre outros.

Leda Cartum é autora dos livros As horas do dia – pequeno dicionário calendário (7Letras, 2012), O porto (Iluminuras, 2016) e Formas feitas no escuro (Fósforo, no prelo). Com Sofia Nestrovski, é roteirista e apresentadora do Vinte mil léguas – podcast de ciências e livros, e autora de As vinte mil léguas de Charles Darwin (Fósforo, 2022). Traduziu O peso e a graça, de Simone Weil (Chão da Feira, 2020).

Alice Ruiz S. (1946) é poeta e compositora. Ministra palestras e oficinas de haikai no Brasil desde 1990. Tem mais de vinte títulos publicados, entre poesia, traduções e infantis. Recebeu o prêmio Jabuti pelos livros de poemas Vice-verso (1989) e Dois em um (2009). Como compositora, tem parcerias com Arnaldo Antunes, Chico César, Itamar Assumpção, Zélia Duncan, entre outros.

Essa atividade terá tradução em LIBRAS.

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.